Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi pede, e Argentina vai jogar onde o craque nasceu

Partida será contra a Colômbia, dia 7 de junho, válida pelas Eliminatórias

Pedido de melhor do mundo é uma ordem: a Associação de Futebol da Argentina (AFA) anunciou nesta terça-feira que o jogo contra a Colômbia, marcado para o dia 7 de junho, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, será disputado em Rosario, no estádio Marcelo Bielsa, a pedido de Lionel Messi. O estádio pertence ao Newell’s Old Boys, clube do coração de Messi e onde ele deu seus primeiros chutes. A partida estava marcada para o estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, mas a Fifa e a Conmebol não devem se opor à mudança, pois o estádio – onde ocorreram conflitos recentemente – passou por pequenas reformas que aumentam a segurança dos torcedores.

Leia também:

Beckham supera Messi e tem maior salário do mundo

Brutalidade no futebol argentino é um alerta para o Brasil

Buffon vê Brasil como teste para novatos italianos

Messi promete e cumpre: marca dois e classifica o Barcelona

A Argentina não joga na cidade natal de Messi desde setembro de 2009, quando enfrentou o Brasil no estádio Gigante de Arroyito, que pertence ao Rosario Central, rival do Newell’s. Na ocasião, com a equipe em mau momento nas Eliminatórias da Copa de 2010, o pedido foi feito pelo então técnico Diego Maradona, que queria um estádio mais acanhado para pressionar o time visitante. Não deu em nada: o Brasil venceu por 3 a 1 e selou sua classificação para o Mundial da África do Sul – a Argentina só se classificou na úlitma rodada. O momento da seleção argentina hoje é melhor: o time lidera as Eliminatórias, com 20 pontos, e volta a jogar nesta sexta, contra a Venezuela, em Buenos Aires.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência EFE)