Clique e assine com 88% de desconto

Messi paga R$ 15,5 mi após as acusações de fraude fiscal

Jogador e seu pai, Jorge, foram acusados de não declarar direitos de imagem

Por Da Redação - 4 set 2013, 18h52

Lionel Messi e seu pai, Jorge Horacio Messi, pagaram 5 milhões de euros (o equivalente a 15,5 milhões de reais) ao fisco espanhol no dia 14 de agosto. Segundo informações publicadas pelo jornal catalão El Periódico nesta quarta-feira, a quantia seria referente a impostos não declarados sobre direitos de imagem do jogador argentino recebidos entre 2007 e 2009. Conforme a reportagem, os advogados de Messi teriam orientado o jogador e seu pai a desembolsar o valor a fim de diminuir futuras responsabilidades penais na investigação de sonegação de impostos.

Leia também:

Após negar apoio a Madri, Messi veste a camisa da cidade

Com Neymar titular, Barça é campeão da Supercopa

Publicidade

Papa recebe Messi e as seleções de Argentina e Itália

Messi revela ótimo relacionamento com Neymar no Barça

Após o Ministério Público apresentar a denúncia, em junho, os advogados de Lionel Messi abriram negociações com a Procuradoria do Estado para chegar a um possível acordo sobre como pagar a dívida. Fontes judiciais estimam que o valor a ser pago, caso haja um acordo, seja de 9 milhões de euros (quase 28 milhões de reais). Caso não ocorra uma saída negociada, a multa pode subir para mais de 28 milhões de euros (87 milhões de reais).

Acompanhe Veja Esporte no Facebook

Publicidade

Siga Veja Esporte no Twitter

De acordo com o diário, o pai de Messi quer assumir todas as responsabilidades para tentar evitar que o filho perca compromissos em campo com o Barcelona por causa do problema judicial. Os dois foram convocados para prestar depoimento no dia 17 de setembro – o Barcelona estreia no dia seguinte na Liga dos Campeões, contra o Ajax, da Holanda, no Camp Nou.

(Com agência Gazeta Press)

Publicidade