Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi marca e Barcelona reassume liderança no Espanhol

Vitória por 1 a 0, sobre o rival Espanyol, coloca o clube catalão provisoriamente na primeira posição, com 75 pontos. Gol saiu a partir de uma jogada de Neymar

Com Neymar e Messi juntos mais uma vez, o Barcelona venceu neste sábado seu clássico local contra o Espanyol por 1 a 0. O gol, marcado pelo argentino de pênalti, levou o time provisoriamente à liderança do Campeonato Espanhol, com 75 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Atlético de Madri ainda hoje.

Leia também

‘O problema do Barcelona é Neymar’, dispara Johan Cruyff

Em clássico memorável, Barça bate o Real em Madri: 4 a 3

O lance do gol da equipe catalã provocou muita reclamação por parte dos jogadores e da torcida do Espanyol. O árbitro assinalou pênalti quando Javi López tocou a mão na bola em jogada disputada com Neymar na área – a bola, de fato, bateu no atleta do Espanyol. No fim do jogo, o goleiro do time da casa, Casilla, ainda foi expulso por colocar a mão na bola fora da área, obrigando Javi López a ir para a meta, já que o treinador havia feito todas as mudanças.

Como o Barcelona jogará contra o Atlético de Madri na terça-feira, pela Liga dos Campeões da Europa, Tata Martino optou por preservar Iniesta, que começou no banco. O time também teve a ausência de Valdes, que sofreu uma lesão no joelho e não atua mais nesta temporada – há chances até de o goleiro ficar fora da Copa do Mundo no Brasil.

Mesmo assim, o Barça iniciou pressionando o rival, e Neymar recebeu cruzamento de Daniel Alves para cabecear, mas o goleiro do Espanyol, Casilla, fez a defesa. No lance seguinte, Sergio Garcia arriscou e deu um susto em José Pinto, que viu a bola passar perto da sua meta.

A partida seguiu com chances dos dois lados e, antes do término do primeiro tempo, Neymar apareceu de frente para o goleiro, mas arrematou para fora e desperdiçou mais uma boa chance.

Aos 29 da segunda etapa, depois de cobrança de escanteio, Piqué chegou antes de Neymar e acertou o travessão. No minuto seguinte, o lance mais contoverso do jogo. Daniel Alves cruzou, Neymar dominou na área e a bola tocou na mão de Javi López. O árbitro Clos Gómez marcou pênalti. Assim, Lionel Messi assumiu a responsabilidade e bateu rasteiro, no canto direito do goleiro, que caiu para o outro lado. Antes do fim do jogo, o goleiro Casilla ainda foi expulso, pois saiu da área e evitou com as mãos um chute por cobertura de Messi.

(Com Gazeta Press)