Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi diz estar muito ‘abaixo’ do nível de Maradona

O argentino Lionel Messi disse se considerar muito abaixo do nível de Diego Maradona e afirmou que quando os jogadores da seleção argentina tiverem mais tempo para estar juntos, vão melhorar o nível da equipe. “Diego é Diego, e mesmo depois de milhões de anos será o maior da história para mim”, afirmou o jogador do Barcelona, em entrevista nesta quinta-feira à emissora argentina de rádio Metro 95.1.

O atacante do Barcelona, Lionel Messi (AFP)“Tento fazer minha carreira, fazer minha história e tenho de deixar na história algo. Não tento me parecer com Maradona nem busco isso. Sei que nem vou me aproximar dele, nem quero. O única coisa que penso é jogar”, disse o atleta, não entrando na onda de endeusamento da imprensa espanhola, que o compara não só a Maradona como a Pelé, como publicou o Blog da Copa de VEJA.com.

Quanto às críticas em relação ao seu rendimento na seleção, considerado pelos argentino muito abaixo do apresentado no Barcelona, Messi afirmou que as condições dos times são bem diferentes. ” Não quero dizer que os companheiros daqui, do Barcelona, são melhores que os da seleção, e que são os melhores do mundo. Na seleção não temos tempo para trabalhar, tudo é muito rápido: dois dias e partida, não dá tempo para se conhecer”, explicou.

Messi disse que quando os jogadores estiverem “juntos, no grupo”, e existir tempo para trabalhar, podem “mudar as coisas”. “O que eu mais quero é render na seleção igual ao que rendo no Barcelona. Fiz boas partidas, mas não estou no mesmo nível que no Barcelona. Mas vou de mudar”.

(Com Agência Estado)

Leia também:

Blog da Redação: As 10 maiores rivalidades do futebol internacional

Blog da Copa: Catalunha vive ‘messimania’

Mais notícias de esporte