Clique e assine com 88% de desconto

Mesmo sem jogar, Valdivia é citado na súmula por ofender arbitragem

Neste domingo, o clube segurou até momentos antes do jogo se o atleta seria escalado por Oswaldo de Oliveira, mas acabou ficando fora, como já era previsto

Por Da Redação - 27 abr 2015, 08h46

O meia Valdivia acompanhou a delegação do Palmeiras na partida vencida por 1 a 0 contra o Santos, neste domingo, mas não ficou nem no banco de reservas por conta de dores no joelho. Mesmo assim, o chileno foi citado pela arbitragem, que relatou na súmula ofensas do meia.

Vinicius Furlan escreveu no relatório da partida que, no túnel de acesso aos vestiários, durante o intervalo do clássico, Valdivia “se dirigiu à equipe de arbitragem e proferiu o seguinte: ‘Uma vergonha essa arbitragem, uma vergonha, arbitragem de ladrão'”.

Leia também:

Vasco faz gol no final e inverte vantagem do Botafogo

Publicidade

Por conta do relato na súmula, o meia do Palmeiras corre o risco de ser punido. Neste domingo, o clube segurou até momentos antes do jogo se o atleta seria escalado por Oswaldo de Oliveira, mas acabou ficando fora, como já era previsto. O treinador declarou depois do jogo que o camisa 10 deve estar 100% fisicamente para o duelo na Vila Belmiro.

Ainda no intervalo da vitória palmeirense por 1 a 0 neste domingo, Furlan também excluiu os dois técnicos, o palmeirense Oswaldo de Oliveira e o santista Marcelo Fernandes.

Furlan anotou na súmula que ambos foram expulsos por “adentrarem ao campo de jogo ao final do primeiro tempo para reclamarem contra as decisões da arbitragem”. O término da etapa inicial foi bastante agitado, com críticas dos donos da casa por conta de lance em que Rafael Marques caiu na área em disputa com Geuvânio.

Entre os vários lances polêmicos da partida estão o gol palmeirense, que ocorreu após um suposto impedimento, e um pênalti marcado a favor do Palmeiras (e desperdiçado por Dudu), em que a falta, segundo os santistas, deveria ser anotada fora da área.

Publicidade

(Com agência Gazeta Press)

Publicidade