Clique e assine com 88% de desconto

Mesmo com vitórias em casa, Brasil segue sem formação definida

Por Da Redação - 10 jun 2012, 15h07

Na manhã deste sábado, a Seleção Brasileira masculina de vôlei conseguiu vencer a Polônia pela primeira vez na temporada e retomou a liderança do Grupo B da Liga Mundial, em partida disputada no Ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo.

Apesar do jogo tenso durante os quatro sets, o técnico Bernardinho parabenizou os poloneses após a partida e declarou que os nove pontos conquistados em casa neste fim de semana serão fundamentais para o futuro do Brasil na primeira fase da competição, que termina na próxima semana.

‘Quero parabenizar a equipe da Polônia por todo o trabalho que eles têm feito. Hoje (domingo) eles fizeram algumas mudanças que atrapalharam bastante a nossa vida. Foi uma bela partida, tensão natural porque não queríamos perder a chance de fazer pontos em casa’, disse.O treinador também realizou alterações na equipe neste domingo em relação às formações que começaram jogando as duas primeiras partidas da etapa do Brasil. As principais delas foram a troca do levantador Ricardinho por Bruninho e o retorno do ponteiro Dante no lugar de Thiago Alves. Além disso, no meio de rede, o central Sidão permaneceu no time, cancelando o rodízio entre os jogadores da posição.

‘A gente esperava um pouco mais no inicio do jogo, mas não tínhamos uma formação definida. Hoje taticamente era um jogo bom pro Bruno, mas eu não defini ainda quem é o titular, eu sei que nós temos dois bons levantadores que vão disputar a posição’, avaliou Bernardinho.

Publicidade

Outro destaque da Seleção Brasileira foi a atuação do ponteiro Murilo, que voltou à equipe na última semana após uma cirurgia no ombro direito, e foi o maior pontuador do Brasil no segundo set, com sete pontos marcados.

‘O crescimento do Murilo é fundamental, mas ele ainda precisa readquirir a confiança dos levantadores. Ele está voltando, se ele continuasse inseguro seria difícil, mas hoje ele já sacou mais, já atacou. Isso pra nós é um alivio’, avaliou o treinador.

Bernardinho levará para a etapa da Finlândia da Liga Mundial, que acontece a partir desta sexta-feira, um grupo com 16 jogadores. A maiores expectativas são os retorno dos pontas Giba e Leandro Vissoto, que tentam retomar o ritmo após contusões, ao time titular.

Publicidade