Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mesmo com seis opções, César Sampaio descarta saídas de zagueiros

O técnico Luiz Felipe Scolari tem seis zagueiros à disposição no elenco profissional do Palmeiras, mas a diretoria não vê o número como excessivo para a posição. Apesar de os reservas serem pouco utilizados, o gerente de futebol, César Sampaio, descarta a saída de qualquer um dos atletas.

‘Nossa ideia é segurar os seis, porque temos duas competições no segundo semestre (Brasileirão e Sul-americana) e sabemos que zagueiros tomam cartões, além de estarem mais presentes em divididas. Acho importante ter as opções. E tem também a situação de o Román ser convocado para a seleção’, explicou o dirigente.

A dupla titular do setor é formada por Henrique e Maurício Ramos, enquanto Leandro Amaro é o suplente imediato e chegou a ter o nome cogitado na Portuguesa, mas permaneceu no Palmeiras.Já o paraguaio Adalberto Román recebe poucas oportunidades no início das partidas e acaba de viajar para defender a seleção de seu País nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014.

Outra opção para o sistema defensivo é Thiago Heleno, que chegou a ser titular com Felipão no ano passado, mas perdeu espaço e foi submetido a uma cirurgia nos dois pés em dezembro. Apesar de estar recuperado da operação, o zagueiro ainda não voltou a ser relacionado para os jogos.

A sexta opção para a posição é o garoto Wellington, promovido das categorias de base e ainda sem chances na equipe profissional. Mesmo assim, Sampaio avisa que o jovem tem a confiança da comissão técnica.

‘O Murtosa (auxiliar) está falando com ele há seis meses e orientando, porque é um jogador interessantíssimo. Como (Felipão) foi zagueiro, o processo de seleção é mais rígido. Mas vemos um futuro legal com este jogador’, completou.