Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mesmo com ‘decisão’ em Goiás, Tricolor terá força máxima no Engenhão

Na quarta-feira, o São Paulo decidirá sua classificação para as semifinais da Copa do Brasil em visita ao Goiás. Mas isso não significa que seus principais jogadores ficarão fora da estreia do Brasileiro, no domingo. Diante do Botafogo, no Engenhão, Emerson Leão promete não poupar ninguém.

‘Sinceramente, não penso em poupar. Não penso assim. Preservamos no treino’, comentou o treinador, que desde o começo do ano tem abdicado até de comandar coletivos e sacado alguns de seus titulares com problemas físicos para tê-los em campo.

‘Mudamos nossa filosofia de treino por necessidade e deu resultado. Veio em esvaziamento do departamento médico, sem sobrecarga, subida de postura e índice de vitórias. O treinador fica satisfeito com isso, não pode querer mais’, alertou, lembrando que só Rogério Ceni, Wellington e Cañete, todos em recuperação de cirurgia, são desfalques.

Nesta quinta-feira, na reapresentação depois da vitória por 2 a 0 sobre o Goiás no Morumbi, os titulares realizaram somente trabalhos físicos de recuperação. Na partida de volta, no Serra Dourada, a equipe só será eliminada se perder por mais de dois gols de diferença ou uma derrota por 2 a 0 seguida de fracasso nos pênaltis.

Até por isso, a possibilidade de vetar alguém no Rio de Janeiro não existe. ‘Vamos jogar contra o Botafogo como São Paulo, que joga em todo lugar com o objetivo de vencer. Não posso premiar o adversário tirando bons jogadores do time. Posso premiar o atleta tirando-o às vezes do treino’, comentou Leão.

Os atletas se colocam à disposição para o confronto pelo Campeonato Brasileiro. ‘O técnico que vai ver, mas acho que em todos os jogos tem que entrar com força máxima. O Leão já sabe o que vai fazer, estou à disposição como todos os jogadores’, afirmou Jadson.