Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mesmo chateado com nova lesão, Luxa não critica elenco gremista

Por Da Redação 30 mar 2012, 09h40

Apesar de perder dois titulares lesionados nos últimos dois jogos do Campeonato Gaúcho, o técnico Vanderlei Luxemburgo adotou um discurso positivo no vestiário após a vitória sobre o Avenida, nesta quinta-feira, por 4 a 0. Depois de perder Kleber por quatro meses, Luxa viu o zagueiro Gilberto Silva sofrer uma fratura no nariz. A parada do pentacampeão deve ser de três semanas.

‘Fiquei chateado, porque chamei a atenção do árbitro assistente. Não foi um lance violento, mas a primeira opção dos atacantes deles era fazer falta, e só depois disputar a bola. Mas não adianta criarmos expectativas com o que não temos aqui. Se a direção contratar reforços, tudo bem; mas se não contratar, eu busco a solução dentro do que temos. Esta é a função de um técnico’, declarou Luxemburgo.

O treinador ressaltou que Kleber, que sofreu uma fratura no tornozelo, fará falta ao time. Porém, prefere não discutir mais este assunto e pensar no futuro com as opções disponíveis no elenco. ‘Não adianta discutir mais ele. A lesão é do jogador, mas o Grêmio não deixar de brigar por causa disso. Foi ruim para ele, mas o Grêmio continua forte. O Kleber é um assunto que ficou para trás. Resta torcer para que ele tenha uma recuperação boa e rápida’, disse.

Facundo Bertoglio, que ganhou a titularidade a partir da lesão de Kleber, teve uma boa atuação, segundo Luxemburgo. Autor de um dos gols na goleada desta quinta, o argentino teve a chance de marcar o quinto tento gremista no último lance da partida, mas preferiu servir Marcelo Moreno, que perdeu. Para Luxa, Bertoglio poderia ter arriscado o arremate: ‘o atacante às vezes tem que ser um pouco egoísta. Ele tinha duas opções: chutar ou passar. Ele tinha que chutar, mas passou’.

Continua após a publicidade
Publicidade