Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mesatenista Hugo Calderano perde e está eliminado da Olimpíada

Responsável por campanha histórica na modalidade, carioca de 25 anos acabou sofrendo virada para o alemão Dimitrij Ovtcharov e foi derrotado por 4 sets a 2

Por Da Redação Atualizado em 28 jul 2021, 11h25 - Publicado em 28 jul 2021, 10h57

O mesatenista brasileiro Hugo Calderano, 25 anos, foi eliminado nesta quarta-feira, 28, dos Jogos de Tóquio. Protagonista de campanha histórica para o país na modalidade, o carioca perdeu de virada para o alemão Dimitrij Ovtcharov por 4 sets a 2. Ele iniciou a partida abrindo 2 a 0, mas não resistiu a solidez do rival, parciais de: 11/7, 11/5, 8/11, 7/11, 8/11 e 2/11. Calderano ainda disputará o torneio por equipes, ao lado de Gustavo Tsuboi e Vitor Ishiy.

“É difícil descrever, é muita dor perder em um jogo assim em uma Olimpíada. Eu tive bastante oportunidade, então é difícil de assimilar, mas depois vou ter que pensar melhor com a cabeça fria. Eu tenho certeza que vou voltar mais forte ,essa experiência só vai me fortalecer. Vou continuar lutando”, disse Calderano ao Sportv.

Durante a partida, o atleta brasileiro começou envolvendo o rival com excelente ritmo e cometendo raros erros. Ovtcharov não se encontrava no jogo até o final do segundo set, também vencido por Calderano.

O confronto passou a mudar de cenário no terceiro set, um dos mais intensos, vencido por 11 a 8 pelo alemão, após Hugo Calderano abrir 8 a 4 de vantagem e permitir sete pontos consecutivos do rival. No quarto set, Ovtcharov abriu 6 a 1 e, posteriormente, consolidou o empate com uma vitória por 11 a 7.

  • O quinto set, que desempatou a partida, parecia amplamente favorável a Calderano. Viralizou nas redes sociais o placar de 7 a 1 construído pelo brasileiro, que remeteu a comparações a goleada sofrida pela seleção brasileira de futebol na semifinal da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. O set foi equilibrado e, posteriormente, vencido pelo alemão por 11 a 8.

    Com um quinto set praticamente perfeito, Ovtcharov fechou o jogo em 11 a 2, se classificando para a semifinal. Calderano foi o primeiro a colocar o país nas quartas de final da modalidade. Antes dele, as melhores campanhas pararam nas oitavas com Hugo Hoyama em Atlanta-1996.

    Continua após a publicidade
    Publicidade