Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Membro da Williams segue internado após incêndio

Por AE

Barcelona – A Williams informou nesta segunda-feira que um de seus membros segue hospitalizado em Barcelona após sofrer queimaduras no incêndio ocorrido nos boxes do GP da Espanha, no domingo. Outros dois integrantes da equipe, intoxicados pela fumaça, já foram liberados.

Segundo comunicado da Williams, o funcionário hospitalizado apresenta quadro estável e deve retornar à Inglaterra, sede da equipe, nas próximas 48 horas. Diretores da escuderia têm mantido contato constante com familiares do integrante internado em Barcelona.

A Williams também informou que está contribuindo com a FIA e as autoridades locais na investigação das causas da explosão que causou o incêndio. O incidente teve início no box da equipe e se espalhou rapidamente pelas áreas das demais escuderias. Ao todo, 31 pessoas ficaram feridas no incidente, a maior parte por inalação de fumaça.

“Fiquei feliz em poder dar as boas-vindas aos integrantes que retornaram à sede nesta manhã. Mas ainda temos um membro internado e esperamos pelo seu retorno iminente”, afirmou Frank Williams, chefe da equipe.

Frank Williams exaltou a ajuda das demais equipes na contenção do fogo. “Todos da Williams estão aliviados por termos conseguido conter rapidamente o incidente. O episódio mostrou toda a coesão, camaradagem e espírito de cooperação que existe no paddock da Fórmula 1. A resposta dos times foi imediata, incondicional e decisiva”, declarou.

O incêndio acabou estragando a festa da Williams, que comemorava a inesperada vitória do venezuelano Pastor Maldonado na Espanha. O resultado encerrou um jejum de oito anos sem triunfos na equipe.