Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Meia Valdívia é vítima de sequestro relâmpago em SP

Jogador do Palmeiras sofreu um assalto por volta das 21 horas desta quinta-feira e foi deixado próximo ao centro de treinamento do clube

Por Da Redação 8 jun 2012, 01h05

O meia chileno Valdívia, do Palmeiras, foi vítima de um sequestro relâmpago na noite desta quinta-feira em São Paulo. Segundo informações da Polícia Militar, o jogador sofreu um assalto por volta das 21 horas, foi dominado por criminosos e, horas depois, deixado em frente ao centro de treinamento do clube, na avenida Marquês de São Vicente, região da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista.

A PM informou que, a pedido do atleta, não podia detalhar o caso. O jogador não sofreu ferimentos e teria sido obrigado a entregar 1.000 reais aos assaltantes, mas não há confirmação desse valor ou se algum outro pertence seu foi roubado.

Ainda de acordo com a polícia, após abandonar Valdívia os assaltantes teriam fugido em um táxi. Em seguida, por volta das 23 horas, o jogador ligou para o 190 e solicitou uma viatura para levá-lo até sua casa. Valdívia decidiu não registrar boletim de ocorrência.

Publicidade