Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Medina admite erro e culpa agenda por não ter se vacinado contra Covid-19

Surfista diz que treinos e competições impediram que tomasse o imunizante ofertado pelo COI; decisão comprometerá participação na última etapa do WCT

Por Da Redação Atualizado em 6 ago 2021, 14h30 - Publicado em 6 ago 2021, 14h26

O surfista Gabriel Medina se manifestou nesta sexta-feira, 6, em suas redes sociais, após a repercussão pelo fato de ter admitido que perderia a etapa de Teahupoo, na Polinésia Francesa, por ainda não sido vacinado contra a Covid-19. O atleta disse ter errado em não ter tomado o imunizante, ofertado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para todos os competidores nos Jogos de Tóquio, culpando a apertada agenda entre competições e treinamentos.

“Vacina salva vidas, galera! Foi um erro meu eu não ter conseguido encaixar a imunização na minha agenda de treinos pros desafios desse ano, focado no Campeonato Mundial. Mas em breve tomarei a minha. Enquanto isso, sigo tomando todos os cuidados e seguindo os protocolos de segurança”, afirmou.

A etapa do Circuito Mundial de Surfe (WCT na sigla original em inglês) acontecerá entre os dias 24 de agosto e 3 de setembro. A informação de que não poderia competir foi feita pelo próprio surfista durante uma live em seu canal da Twitch.

  • “Eu não vou para Teahupoo porque não tomei a vacina, aí teria que fazer dez dias de quarentena, não dá tempo de ir do México para lá, que é uma seguida da outra. Então, serei obrigado a não ir. Sacanagem, mas de boa”, explicou.

    Campeão em 2014 e 2018, Medina é o líder do campeonato de 2021 e estará na etapa prévia, em Barra de la Cruz, no México, entre 10 e 19 de agosto, a penúltima da temporada.

    Medina está mais de 13.000 pontos à frente de Ítalo Ferreira, campeão olímpico no Japão e segundo colocado no WCT. A vantagem confortável pode conduzi-lo ao tricampeonato da competição. Na Olimpíada, sucumbiu em uma polêmica bateria contra o japonês Kanoa Igarashi nas semifinais. Na decisão do bronze, perdeu para o australiano Owen Wright.

    Continua após a publicidade
    Publicidade