Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Médico revela que Ronaldo perdeu 30 quilos no Corinthians

Joaquim Grava contou que o atacante chegou ao clube com 115 quilos. Ele ainda comentou os problemas de Adriano com bebidas

Por Da Redação 8 jul 2015, 12h49

O ex-médico do Corinthians, Joaquim Grava, revelou nesta terça-feira um dos últimos grandes mistérios recentes do esporte: o peso de Ronaldo. Segundo Grava, o ex-atacante chegou ao clube paulista no início de 2009 muito acima do peso ideal. “Ele estava gordo, chegou com uns 115 quilos”, disse o médico, em entrevista ao programa Boa Noite Fox, do Fox Sports. O médico contou que Ronaldo perdeu cerca de 30 quilos durante sua passagem pelo Corinthians – bem mais do que perdeu no quadro Medida Certa, do Fantástico, quando baixou de 118 quilos para 101 quilos, em 2012.

Leia também:

Ronaldo, na vida louca, apresenta seu “novo namorado”, Alvarinho

Ronaldo termina noivado com Paula Morais

Ronaldo posa com LeBron e ‘entrega’ banquinho de Galvão

Em VEJA de 3/10/2012: O jogo da força de vontade

O médico relembrou também a passagem de outro atacante “de peso”: Adriano. Segundo ele, o que prejudicou a carreira do jogador foi o alcoolismo. “É um menino extremamente bondoso, família, mas ele não entendeu que tem um problema com a bebida. Acho difícil voltar a jogar.”

Grava também elogiou a postura de Emerson Sheik, até mesmo nos dias de exagero. “O Sheik foi o único jogador sincero com quem trabalhei. Quando ele estava mal, chegava tarde, ele avisava”, contou o médico, que dá nome ao centro de treinamento do Corinthians.

(da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade