Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Médico responsável por cirurgia de Ganso atesta: Não é risco’

Confirmado pelo técnico Muricy Ramalho entre os titulares do Santos, o meia Paulo Henrique Ganso teve uma recuperação rápida de uma artroscopia no joelho direito e estará em campo diante do Corinthians, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. Segundo o médico ortopedista José Ricardo Pécora, responsável pela cirurgia do camisa 10, a liberação clínica foi dada a comissão técnica do Peixe e Ganso não corre nenhum tipo de risco por conta disso, ao enfrentar o Timão.

‘De certa maneira é uma surpresa, pois foi uma recuperação muito boa (em 19 dias), mas isso é fruto da fantástica reabilitação dele mesmo. Agora, um risco não é. O Ganso treinou e está em perfeitas condições, no aspecto clínico. Ele se sentiu muito bem e não estaria liberado se não tivesse condições de jogar’, disse Pécora, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

O cirurgião ainda explicou por qual razão entende que o fato de entrar em campo no clássico desta quarta não deve ocasionar nenhum tipo de prejuízo ao meio-campista. ‘O risco há independentemente de qualquer coisa, por conta de um trauma durante o jogo, sofrido em algum lance durante a partida, mas não por conta da cirurgia. Qualquer jogador pode ter algum tipo de problema durante o jogo’, comentou.

De acordo com José Ricardo Pécora, a reabilitação de Paulo Henrique Ganso se deve em grande parte ao trabalho desenvolvido pelo atleta, no seu tratamento junto aos fisioterapeutas do clube. ‘Nós tínhamos avaliado o Paulo Henrique na semana passada e ele ainda estava com um edema importante no joelho. Na segunda-feira, a recuperação dele era impressionante mesmo, apesar de algum inchaço. Hoje (quarta) ele foi liberado. O tempo que ele ficou concentrado (no Cepraf) do Santos, para se recuperar da cirurgia, foi decisivo para o retorno dele’, encerrou.