Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

McLaren quer estragar festa do título de Vettel no GP do Japão

Apenas um ponto separa o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, de seu segundo título mundial consecutivo na Fórmula 1. O único que tem chances matemáticas de alcançá-lo é Jenson Button, que, para ser campeão, precisaria vencer todas as corridas restantes e torcer para que seu rival não pontue uma vez sequer. Mesmo assim, Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, disse nesta segunda-feira que não vai desistir.

‘Eu acho que é muito difícil. Mas é matematicamente possível’, cravou Whitmarsh, que viu Button segurar o título de Vettel ao terminar em segundo na corrida deste fim de semana, em Marina Bay. ‘Adrian (Newey, diretor), a Red Bull e Sebastian estão fazendo um trabalho incrível, mas eu estou um tanto quanto feliz de eles não terem festejado aqui em Cingapura. Estamos felizes pelos fãs e tudo mais, e vamos continuar lutando’.

Na classificação do Mundial de Pilotos, Vettel tem 309 pontos, enquanto Button aparece em segundo com 185, um a mais do que Fernando Alonso, da Ferrari. ‘Quem sabe? Seria bem legal se eles não pudessem fazer festa no Japão, mas eles estão parecendo muito forte’, acrescentou o diretor.

‘Eu acho que eles serão fortes, mas nós estaremos trabalhando duro. Continuaremos a desenvolver o carro e tentaremos ser o mais forte que podemos lá’, frisou. ‘Nós sabemos que o clima pode influenciar, ele pode ser bastante tórrido. Todas as coisas podem acontecer, mas nós tentaremos ser tão rápido quanto podemos e vamos tentar ganhar a corrida’, concluiu.