Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

McLaren garante que está 100% junto com o contestado Hamilton

Por Da Redação 12 out 2011, 12h11

O ano de 2011 definitivamente não tem sido dos melhores para Lewis Hamilton. Com problemas dentro e fora das pistas, abandonos e batidas, o inglês já chegou a dizer recentemente que esta temporada está sendo a mais difícil de sua carreira. Nesta quarta-feira, no entanto, o diretor da McLaren, Jonathan Neale, garantiu que a equipe está do lado do piloto neste momento difícil.

‘O maior crítico de Lewis é ele mesmo. Ele quer desesperadamente vencer e não está feliz quando seu companheiro de equipe o derrota ou outra pessoa vence a corrida ou o campeonato. Ele é duro consigo mesmo e está muito decepcionado. Ficaríamos desapontados também se ele não sentisse isso’, disse Neale durante uma videoconferência da McLaren.

Hamilton tem se envolvido em polêmicas ultimamente, principalmente com o brasileiro Felipe Massa. Eles se tocaram recentemente nas etapas Cingapura e Suzuka e, nas duas oportunidades, o piloto da Ferrari não poupou críticas ao estilo de pilotagem do inglês, que foi contestado por vários outros nomes no meio da Fórmula 1.’Lewis é um piloto fenomenal. Tem 16 vitórias. Está constantemente empolgado no circuito, sempre na ativa e nós o adoramos por isso. Quero garantir que ele sinta e entenda que estamos 100% com ele. Queremos cuidar dele. A temporada tem sido difícil e nós não demos um carro que faça o melhor trabalho neste ano, mas o que Lewis faz com ele tem sido fantástico’, acrescentou.

Mesmo com a campanha mais fraca do que o esperado, o campeão de 2008 venceu a etapa da Alemanha, em julho. ‘Estamos muito confiantes de que ele esteja disparando em todos os cilindros novamente para o próximo ano. Temos que lhe dar um carro para fazer o trabalho e isso é uma responsabilidade do time, assim é que serão os planos’, finalizou.

No Mundial de Pilotos, Hamilton é o quinto colocado, com 178 pontos. Seu companheiro, Jenson Button, está em segundo com 210 pontos, enquanto Sebastian Vettel, da Red Bull, já está garantido com o título, o seu segundo, com 324 conquistados.

Continua após a publicidade

Publicidade