Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

McGregor, o fanfarrão, anuncia aposentadoria e é cortado do UFC 200

Sem dar maiores explicações, irlandês de 27 anos avisou pelo Twitter que encerrou a carreira. Dana White confirmou sua exclusão do evento em Las Vegas

O irlandês Conor McGregor seria a grande estrela do badalado UFC 200, em Las Vegas, em 9 de de julho, mas não só não participará mais do evento como, segundo ele, não voltará a lutar profissionalmente. Nesta terça-feira, o maior falastrão do MMA “quebrou a Internet” ao anunciar sua aposentadoria no Twitter. Horas depois, o chefe do UFC Dana White disse não saber se a declaração deveria ser levada a sério, mas confirmou que McGregor foi cortado do UFC 200 por se recusar a comparecer em eventos promocionais.

“Decidi me aposentar jovem. Obrigado pela grana. Nos falamos depois”, anunciou o lutador de 27 anos, que no ano passado se tornou campeão dos penas ao nocautear o brasileiro José Aldo de forma espetacular em 13 segundos de luta. Rapidamente, fãs e sites especializados começaram a especular sobre o possível adeus de McGregor. A principal explicação seria um atrito entre o lutador e o UFC para tentar melhorar o valor da bolsa para sua revanche contra Nate Diaz na luta principal do UFC 200 – no mês passado, o irlandês se aventurou no peso-meio-médio e foi nocauteado por Diaz no UFC 196, em Las Vegas.

Leia também:

UFC: Dana diz que Ronda só deve voltar a lutar em novembro

José Aldo lutará no UFC 200 contra Frankie Edgar pelo cinturão interino

Derrotado, McGregor provoca Aldo e Rafael dos Anjos

Outra hipótese levantada é a de que ele teria ficado impressionado com a morte do português João Carvalho, após confronto contra Charlie Ward, um de seus companheiros de equipe, na semana passada. O aposentado McGregor deixa o esporte com cartel de 19 vitórias e três derrotas como profissional de MMA.

Dana – Ainda nesta terça-feira, o presidente do UFC Dana White comentou o caso e confirmou que McGregor está fora do UFC 200. Sem entrar em detalhes sobre uma possível aposentadoria, o americano explicou que o atleta se recusou a aparecer em uma entrevista coletiva para promover o evento.

“Ele não quis aparecer, está na Islândia treinando. Ele disse que vir até aqui prejudicaria seus treinos, mas todos os outros lutadores do card estão vindo. Obviamente continuamos a ter boas relações com Conor. Eu o respeito como lutador e gosto dele como pessoa. Mas você não pode decidir não aparecer para esse tipo de coisa. Você tem que aparecer”, afirmou Dana White à ESPN americana. “Se ele está parando? Só ele pode responder a essa pergunta. Mas ele não será parte do UFC 200”.

O igualmente controverso Nate Diaz resolveu brincar com a situação em seu Twitter. “Acho que meu trabalho aqui foi feito. Estou me aposentando também.” Ainda não se sabe se Diaz seguirá como protagonista da luta principal do UFC 200. Uma das possibilidades estudadas pelo UFC seria transformar a luta entre José Aldo e Frankie Edgar, que vale o cinturão interino dos penas e seria a penúltima da noite, na luta principal do evento.

Conor McGregor toma o cinturão de José Aldo durante evento do UFC na Irlanda Conor McGregor toma o cinturão de José Aldo durante evento do UFC na Irlanda

Conor McGregor toma o cinturão de José Aldo durante evento do UFC na Irlanda (/)

(da redação)