Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mazinho brilha e comanda goleada da classificação em casa do Verdão

Por Da Redação 10 Maio 2012, 02h42

O Palmeiras entrou em campo com uma boa vantagem sobre o Paraná Clube, mas o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil serviu para o torcedor alviverde vibrar com Mazinho. Contratado junto ao Oeste após o Paulistão, o atacante brilhou no segundo jogo pelo Verdão e comandou o triunfo por 4 a 0 na noite desta quarta-feira, na Arena Barueri.

Mazinho marcou duas vezes e ainda deu uma assistência para Valdívia balançar as redes. Aliás, o Mago fez apenas o primeiro gol na temporada 2012 – vinha de quatro tentos no ano passado. Maikon Leite completou a goleada.

Agora, o Palmeiras direciona as atenções para a fase quartas de final da Copa do Brasil. Na próxima etapa, o Verdão irá desafiar o Atlético-PR, que eliminou o Cruzeiro com duas vitórias. O Verdão não vai contar com o zagueiro Henrique, expulso nesta quarta-feira, no primeiro confronto contra o Furacão.

O Jogo – ‘Jogar de igual para igual’. Essa foi a frase utilizada pelo técnico Ricardinho para definir a tática do Paraná Clube no jogo de volta, mesmo com a derrota em casa na abertura do confronto. Nos sete minutos iniciais, os visitantes tiveram a iniciativa das ações, porém, no lance seguinte, sofreram o primeiro susto alviverde. O goleiro Luis Carlos quase se complicou no arremate de fora da área de Valdívia.

Mas o Paraná era ousado. Aos dez minutos, o time de Curitiba perdeu um gol incrível. Lançado nas costas da zaga, Douglas Tanque caprichou demais no domínio da bola, porém concluiu totalmente torto. A torcida alviverde comemorou como um gol o erro do rival.

Continua após a publicidade

Preocupado, Felipão pediu para o Verdão jogar pelas pontas. A ordem foi cumprida imediatamente. Juninho foi acionado por Márcio Araújo e exigiu boa intervenção de Luis Carlos em chute cruzado.

Como ocorreu no jogo de ida, a qualidade de Marcos Assunção fez a diferença, aos 26 minutos. Na falta batida pelo volante na direita, a bola cruzou toda a área até encontrar Mazinho, que ganhou a dividida de Paulo Henrique e completou para as redes.

Logo em seguida, o clima esquentou em campo. Henrique não gostou de ser empurrado por Douglas na área palmeirense e deu uma leve cabeçada no adversário. O árbitro decidiu mostrar o cartão vermelho para os dois atletas. O Palmeiras resolveu seu problema na zaga sem alterações, o versátil Marcos Assunção assumiu a função até o intervalo.

Para o segundo tempo, Felipão resolveu preservar Barcos, que estava com dois amarelos, e reforçou a zaga com Román. Mesmo isolado no ataque, Mazinho voltou a brilhar. Aos seis minutos, ele recebeu a bola na esquerda e mandou uma bomba com sua canhota, sem chances para Luis Carlos.

Com ampla desvantagem, Ricardinho partiu para o risco total com a entrada de Elias, mais um atacante. O Palmeiras acabou com qualquer esperança do Paraná aos 17 minutos, com o terceiro gol. Destaque em campo, Mazinho avançou pela esquerda, bateu cruzado e encontrou Valdívia livre para completar.

Aos 26 minutos, Mazinho foi substituído e saiu de campo sob intensos aplausos. O Paraná poderia achar que estava ileso de mais gols. Mas Maikon Leite – justamente o substituto de Mazinho – também castigou o rival e balançou as redes na primeira participação em campo, para construir a goleada de 4 a 0.

Continua após a publicidade
Publicidade