Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Matemática faz Celso Roth sonhar com título gremista

Por Da Redação
13 set 2011, 19h02

Enquanto pensar grande ainda for de graça, o Grêmio sonhará em ser campeão brasileiro. Empolgado pela série de três vitórias seguidas, o otimismo em terminar o Brasileirão em uma das posições da ponta de cima da tabela é grande. Além das boas atuações, o técnico Celso Roth se baseia na matemática para pensar em festa lá em dezembro.

‘A possibilidade é difícil, mas não impossível. Matematicamente é possível. A história do Grêmio não me permite dizer outra coisa. O máximo possível continua sendo o título’, comentou o treinador em sua coletiva de terça-feira, no Olímpico.

Nos cálculos gremistas, o time precisa conquistar 93,8% para erguer a taça no término do torneio. Em números brutos com essa projeção o Tricolor teria de conquistar 45 pontos dos 48 que ainda tem que disputar.

Roth chegou a sentir a sensação inversa, a de perder o título após abrir uma grande vantagem. Foi assim na sua passagem pelo Grêmio em 2008, quando sua equipe conseguir 11 de diferença no segundo turno para o São Paulo, que venceu o campeonato daquele ano. No momento, o líder Corinthians está possui 13 pontos a mais que o Tricolor.

Continua após a publicidade

Enquanto falar em conquista ainda parece utópico, o treinador foca seu trabalho para objetivos a curto prazo. O primeiro deles é seguir subindo na tabela de classificação. Para manter o bom nível e aumentar a série invicta, Roth não titubeia ao dizer o que é preciso para que isso ocorra.

‘Tem que ter alma. Se continuarmos assim poderemos fazer coisas que parecem muito difícil. O segredo é manter essa situação’, explicou.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.