Clique e assine a partir de 9,90/mês

Massa visitou Schumacher. ‘Falei com ele, contei histórias’

Brasileiro diz que foi ao hospital num dia 'sem ninguém', levar energia positiva

Por Da Redação - 11 fev 2014, 18h42

Longe do esquema leonino da Ferrari, Felipe Massa recebeu, por duas horas e meia, pelo menos trinta jornalistas nesta terça-feira, em São Paulo, após os primeiros testes pela nova equipe, a Williams. Falou de vários assuntos, estava alegre, feliz porque vai pilotar um Fórmula 1 novamente – houve a possibilidade real de não ter equipe em 2014 e até pensou em disputar a DTM, o campeonato turismo alemão. Também contou que visitou o antigo companheiro de equipe Ferrari, o alemão Michael Schumacher, internado na França, em coma, após sofrer um acidente de esqui no fim de 2013. “Falo quase todos os dias com pessoas que me atualizam sobre seu estado”, disse Massa, que recentemente esteve no hospital de Grenoble para visitar o amigo. O brasileiro também contou que negociou sua transferência para a Williams pessoalmente e que chegou a pensar em deixar a Fórmula 1 definitivamente.

Leia também:

Fórmula 1: GP do Bahrein terá largada no fim da tarde

F1 perdeu 50 milhões de espectadores em 2013

Saiba quanto vão ganhar os pilotos de F1 em 2014

“Pensei em parar. Não tinha uma equipe na manga e a Fórmula 1 também sente a crise, era um momento complicado. Então pensei várias vezes que poderia ser meu último ano… Mas encontrei uma equipe que me queria muito.” Massa ainda contou que pensou numa opção: “Não cheguei a conversar com ninguém, mas pensei em ir para a DTM. É um campeonato bacana, interessante, diferente, que gosto muito. Se não achasse nenhuma equipe decente iria conversar com alguma equipe da DTM. Longe das competições não iria ficar.”

Leia também:

Massa diz que Ferrari é passional; a Williams, racional

Continua após a publicidade

‘�Não importa quem é seu companheiro’�, diz Raikkonen

Imagens dos testes para a temporada de 2014

Massa também começou as negociações com a Williams pessoalmente, à altura do GP do Japão, em outubro. “Estava conversando diretamente com a Claire Williams, filha de Frank Williams e executiva-chefe da equipe, junto com Mike O’Driscoll, CEO da escuderia. A primeira reunião foi com eles e depois me encontrei com o Frank, com o advogado da equipe e com Pat Simons, diretor técnico. Fiz praticamente tudo sozinho. Não estava acostumado com isso, mas foi muito mais fácil do que imaginava. Expliquei o que queria, como queria, e consegui entender a equipe, as oportunidades e as opções. Foi natural.”

Em julho de 2009, Massa sofreu um acidente na Hungria e ficou alguns dias em coma. Mas diz que em nada isso mudou seu comportamento dentro do carro. “Nunca entrei no carro pensando no acidente, ou com receio de sofrer um acidente. Pessoalmente digo que agora dou mais valor à vida, pois nunca imaginei que algo grave pudesse acontecer. A família pediu para parar, mas não adianta, eu gosto de correr.”

O brasileiro ainda revelou que recentemente visitou Michael Schumacher no hospital na França em que está internado, em coma. “Recebi a notícia logo depois de acontecer o acidente por um telefonema do meu empresário. Foi um choque. Até estive lá há pouco tempo, num dia em que não havia quase ninguém. Ele estava dormindo, parecia que descansava normalmente, como qualquer um de nós. Falei com ele, contei histórias, pedi para ele acordar logo. Acho que vale a pena passar energia positiva.”

Por conta deste tipo de acidente algumas equipes incluem cláusulas de restrição de esportes radicais em seus contratos. “Na Williams, por exemplo, não posso esquiar. Na Ferrari eu podia, eu gosto de esquiar, mas agora não posso mais.”

As equipes para 2014
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Kamui Kobayashi (Japão) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)
A temporada de 2014
Data Local Autódromo
16/03 Austrália Melbourne
30/03 Malásia Sepang
06/04 Bahrein Sakhir
20/04 China Xangai
11/05 Espanha Barcelona
25/05 Mônaco Monte Carlo
08/06 Canadá Montreal
22/06 Áustria Red Bull Ring
06/07 Inglaterra Silverstone
20/07 Alemanha Hockenheim
27/07 Hungria Budapest
24/08 Bélgica Spa-Francorchamps
07/09 Itália Monza
21/09 Cingapura Marina Bay
05/10 Japão Suzuka
12/10 Rússia Sochi
02/11 Estados Unidos Austin
09/11 Brasil Interlagos
23/11 Abu Dhabi Yas Marina
Continua após a publicidade
Publicidade