Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Massa sente evolução em treino e vê Ferrari no caminho certo

O brasileiro Felipe Massa conseguiu a 12colocação no treino classificatório para o Grande Prêmio da Malásia, realizado na madrugada deste sábado. Apesar do resultado aparentemente inexpressivo, o piloto sentiu uma evolução no criticado carro da Ferrari e garantiu que o time está no rumo certo para diminuir a vantagem em relação aos demais.

‘Sem dúvida, algo de positivo aconteceu. Eu vinha sofrendo esses dias para achar o balanço ideal e para achar as peças ideais para usar no carro. Eu acho que, para a classificação, a gente teve uma melhora no carro. Independente de não ter sido suficiente para passar para o Q3, acho que teve uma boa melhora no carro’, disse Massa à Rede Globo.

O Grande Prêmio da Austrália, prova que marcou a abertura do Mundial no domingo passado, foi catastrófico para Massa. Ele largou na 16colocação e abandonou após toque com o compatriota Bruno Senna (Williams). Diante do baixo rendimento, a Ferrari resolveu oferecer um novo chassi ao piloto brasileiro.

A evolução do carro no treino classificatório em Sepang deixou Massa animado, a ponto de assegurar que a equipe está no rumo correto. ‘Tenho certeza que estamos no caminho certo para achar o balanço ideal e as peças ideais para usar no carro’, afirmou o brasileiro, que vive seu último ano de contrato com a escuderia italiana.

Na corrida, marcada para as 5 horas (de Brasília) de domingo, o desgaste dos pneus é uma das principais preocupações. ‘Em termos de pneus, não será uma prova fácil. Tem um desgaste bem grande com o médio e com o duro. Vamos tentar fazer um bom trabalho na estratégia, um bom trabalho na largada e pensar em uma corrida ainda mais competitiva do que foi a classificação’, projetou Massa.

Assim como na Austrália, a McLaren estabeleceu uma dobradinha no grid de largada com os britânicos Lewis Hamilton e Jenson Button na Malásia. O alemão Michael Schumacher (Mercedes) completa o grupo dos três primeiros. Já o espanhol Fernando Alonso, companheiro de Massa na Ferrari, ganha uma posição em função da punição ao finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) e parte em oitavo.