Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Massa recebeu ordem para deixar Bottas passar. E ignorou

Ele terminou a prova à frente do companheiro de Williams. Em 2010, na Ferrari, deixou Alonso passar e chegar em segundo no GP da Alemanha

“Acho que fiz o correto. Fiz o melhor que pude para mim e para a equipe e eles precisam fazer o mesmo. Lutei até o fim e meu objetivo era marcar o máximo de pontos. Ainda estamos na segunda corrida”

Faltando quatro voltas para o fim do GP da Malásia, na madrugada deste domingo, Felipe Massa ouviu pelo rádio ordem da Williams para que deixasse ser ultrapassado pelo companheiro Valtteri Bottas, com pneus mais novos. A ordem lembrou o episódio ocorrido no GP da Alemanha de 2010, quando o engenheiro da Ferrari avisou o brasileiro que deveria ceder seu lugar ao então companheiro Fernando Alonso. Na ocasião, Massa aceitou a ordem e liberou a passagem para o espanhol. Mas dessa vez foi diferente. Massa resistiu e não liberou o sétimo lugar para Bottas, que pretendia brigar com o inglês Jenson Button pelo sexto posto. Ao fim da prova, Massa não mostrou arrependimento pela postura e exibiu confiança na decisão tomada nas voltas finais da corrida.

“Acho que fiz o correto. Eu fiz o melhor que pude para mim e para a equipe e eles precisam fazer o mesmo. Lutei até o fim e meu objetivo era marcar o máximo de pontos para mim e para a equipe. Ainda estamos na segunda corrida. Os pneus dele estavam um pouco melhores, mas não o suficiente para me passar e passar o Jenson.”

Leia também:

GP da Malásia: Mercedes voa, Hamilton vence. Massa é 7º

A classificação geral dos pilotos e os resultados das provas

Em 13 no gridº, Felipe Massa desabafa: ‘Carro não rende na chuva’

Sebastian Vettel critica ronco de novos motores V6

Ao ser questionado sobre uma eventual reprimenda da equipe em razão da ordem ignorada, Massa pediu respeito ao seu trabalho realizado na Williams. “Eu não acho que as coisas serão diferentes ou estranhas quando eu chegar no box. Eu faço o melhor que posso pela equipe, e eles têm de fazer isso por mim também. Nós temos dois campeonatos, de pilotos e construtores. Eu respeito o meu trabalho e nós precisamos respeitar um ao outro.”

Leia também:

Sem alterar largada, Interlagos começa reforma em junho

Há 30 anos, Ayrton Senna estreava na Fórmula 1

Médico avisa: fãs de Schumacher devem se preparar para ‘o pior’

Massa e Bottas fizeram boas largadas neste domingo, ficaram próximos na 8ª e 9ª colocações e o finlandês ameaçou atacar o brasileiro, que reclamou com a equipe pelo rádio. Bottas respondeu que estava mais rápido e a Williams liberou a disputa.

“Foi uma luta do começo até o final. Lutei com meu companheiro e conseguimos pontos para a equipe e é isso que interessa”, disse Massa à TV Globo. Para o brasileiro, no entanto, seu maior obstáculo na prova não foi o finlandês. “Foi muito difícil ultrapassar as McLaren, eles têm uma velocidade alta na reta. A gente era mais rápido nos setores, nas curvas, mas na reta era difícil de ultrapassar, acho que o principal problema da corrida foi não ter passado rápido as McLaren, eu teria feito uma corrida livre.”

Próximas provas
Data Local Autódromo
06/04 Bahrein Sakhir
20/04 China Xangai
11/05 Espanha Barcelona
25/05 Mônaco Monte Carlo
08/06 Canadá Montreal
22/06 Áustria Red Bull Ring
06/07 Inglaterra Silverstone
20/07 Alemanha Hockenheim
27/07 Hungria Budapest
24/08 Bélgica Spa-Francorchamps
07/09 Itália Monza
21/09 Cingapura Marina Bay
05/10 Japão Suzuka
12/10 Rússia Sochi
02/11 Estados Unidos Austin
09/11 Brasil Interlagos
23/11 Abu Dhabi Yas Marina
As equipes e pilotos
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Kamui Kobayashi (Japão) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)

(Com Estadão Conteúdo)