Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Massa: ‘Para correr pela Williams, é melhor não estar correndo’

Ex-piloto brasileiro de Formula 1 afirmou que sente saudades de correr em Interlagos, mas está tranquilo com a nova fase da carreira

Felipe Massa deixou as pistas de Fórmula 1 em 2017, mas marcou presença em Interlagos nesta sexta-feira para assistir aos treinos livres do GP do Brasil. O paulistano de 37 anos, que pilotou na categoria entre 2002 e 2017, revelou ter saudades de participar do circuito, mas não perdeu a chance de alfinetar a Williams, sua antiga equipe, que ocupa apenas a penúltima colocação no Mundial de construtores.

“Sentir falta de correr em Interlagos é normal, porque é uma pista onde sempre amei correr. Mas estou bem, tranquilo. Pronto para a próxima fase da minha vida. E outra, se for para correr aqui com a Williams agora, é melhor não estar correndo”, ironizou Massa, no paddock do autódromo onde venceu as corridas de 2006 e 2008.

Não foi a primeira vez que Felipe Massa criticou sua ex-equipe. Em abril, o brasileiro disse que a opção da Williams em contratar dois pilotos “inexperientes” como Lance Stroll e Sergey Sirotkin aconteceu apenas pelo grande investimento de seus patrocinadores e foi uma decisão equivocada. Segundo Massa, um piloto com mais experiência ainda poderia resolver alguns problemas de acerto do carro.

Polêmicas à parte, Massa também falou sobre o bom tratamento que recebeu de fãs, funcionários e antigos companheiros de F1 quando chegou em Interlagos. “É sempre especial. Independentemente de estar correndo ou não, quando você entra no circuito, o carinho das pessoas é fantástico.” Em 2019, Massa correrá a temporada da Fórmula E, de carros elétricos, pela equipe Venturi.

O GP do Brasil de Fórmula 1 acontece neste domingo, às 15h10 (horário de Brasília).