Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mascherano fecha contrato com o Barcelona

O Liverpool e o Barcelona chegaram a um acordo para a transferência do volante argentino Javier Mascherano, segundo informou nesta sexta-feira o clube inglês.

O Liverpool explicou em breve declaração em seu site que o clube espanhol recebeu a permissão para falar com o jogador argentino, que tinha contrato até 2012, mas disse várias vezes que desejava deixar a Inglaterra.

Os responsáveis pela equipe de Anfield não informaram o valor do acordo, fechado quatro dias antes do fechamento da janela de contratações da Inglaterra.

Na última terça-feira, o treinador do Liverpool, Roy Hodgson, disse que a oferta do Barcelona pelo ex-atleta do Corinthians estava “muito abaixo do valor real do jogador”.

Em declarações à rede televisiva britânica “BBC”, Hodgson reconheceu que o argentino, de 26 anos, não tinha “o ânimo suficiente para jogar” e que disse que, se o Barcelona não aumentasse o valor de sua proposta, poderia “estender o problema e repercutir negativamente na moral do jogador”.

No mesmo dia, uma fonte do Barça confirmou à agência Efe que a tentativa de contratar o jogador, que também tem nacionalidade italiana, estava em ponto morto, devido às “diferenças notáveis” que existiam entre os clubes sobre o preço a pagar.

O Liverpool pedia cerca de 30 milhões de euros, contra pouco mais de 20 milhões que o Barça estava disposto a pagar.

A contratação de Mascherano foi um pedido do treinador do Barcelona, Josep Guardiola, para reforçar o meio-campo depois da saída do marfinense Yaya Touré, que foi contratado pelo Manchester City.

Com a chegada do argentino, as necessidades do Barça “estariam supridas”, segundo o treinador.

O argentino jogou três anos e meio pelos “reds” sob comando de Rafa Benítez, que também tinha afirmado que desejava levar Mascherano para seu atual clube, a Inter de Milão.

Se confirmada, a contratação de Mascherano será a terceira do Barcelona para a temporada europeia, depois das chegadas do atacante David Villa e do lateral brasileiro Adriano.

(com Agência EFE)