Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mascharena critica troca de técnicos na seleção: ‘É ridículo’

Por Da Redação 21 set 2011, 13h19

A demissão de Sergio Batista irritou o volante Javier Mascherano. Após a má campanha da seleção na Copa América, a Federação Argentina decidiu trocá-lo por Alejandro Sabella. O jogador do Barcelona assume a culpa pelos resultados ruins e isenta os treinadores.

‘Se os jogadores não estão bem, os técnicos não podem fazer mágicas. Eu jogo na seleção há oito anos e tive seis técnicos. Isso é ridículo. Nós sabemos onde estamos errando. Não podemos continuar dizendo que um novo ciclo está começando, ou algo do gênero. Fica repetitivo. É hora de falar menos, abaixar nossas cabeças e trabalharmos. As eliminatórias começam agora e devemos nos concentrar’, disparou em entrevista ao Clarin.

Com Sabella, Mascherano perdeu a braçadeira de capitão para Lionel Messi e garante que não se chateou por isso. ‘Eu gostei muito do período que fui capitão. Foi uma grande responsabilidade, mas nada na vida dura para sempre. Falamos com o treinador, havia essa ideia de torná-lo cpaitão, e Sabella tem todo o direito de escolher outro’, explicou.

‘Leo é o maior exponente do futebol no mundo e para mim é a escolhar perfeita’, concluiu o ex-jogador do Corinthians.

Continua após a publicidade
Publicidade