Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marta: ‘Não deixem de apoiar o futebol feminino’

A camisa 10 da seleção disse na zona mista do Itaquerão que a seleção feminina sai da Olimpíada com saldo positivo, mesmo sem medalha

Depois da frustrante derrota da seleção feminina de futebol do Brasil para o Canadá, na disputa da medalha de bronze da Rio-2016, Marta – a melhor jogadora da equipe brasileira – realizou um balanço pós-Olimpíada. Dona de cinco bolas de ouro da Fifa, a alagoana de 30 anos disse, claramente emocionada, que, apesar de a seleção ter saído dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro sem medalha, o evento foi positivo nos quesitos apoio, reconhecimento e visibilidade.

“Ganhamos vários fãs na Olimpíada, conseguimos encher os estádios. Isso é o maior prêmio. Lógico que queríamos subir no pódio, mas o reconhecimento e ser aplaudida em todo lugar que a gente passa, é  isso que vamos levar”, disse Marta na zona mista do Estádio do Itaquerão, em São Paulo. A jogadora ainda fez um apelo para que o suporte demonstrado pelos torcedores na Rio-2016 continue após os Jogos: “Não deixem de apoiar o futebol feminino. Precisamos muito de vocês”.

LEIA TAMBÉM:
O jogo virou: futebol é motivo de orgulho na Rio-2016
Marta vale Ouro. E não precisa ser melhor que Neymar
Marta merece mais, diz garoto que riscou nome de Neymar

Retrospecto – Na Olimpíada do Rio de Janeiro, a seleção feminina se classificou invicta à fase eliminatória, com duas vitórias e um empate.  Nas quartas, teve um grande desafio contra a Austrália, ganhando de forma suada nos pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo normal. Na fase seguinte, reencontrou a Suécia e não conseguiu emplacar o mesmo desempenho da goleada de 5 a 1 na primeira fase: a equipe comandada por Marta ficou na igualdade novamente e foi superada pelas suecas na disputa de pênaltis, o que acabou com o sonho do ouro olímpico.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Cria-se expectativa demais e acaba em desilusão. Olimpíada permite ganhar três medalhas e o que se percebe é que se não for de ouro, a motivação acaba.

    Curtir