Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marta brilha, Brasil vence Noruega e avança no Mundial

Melhor do mundo marcou dois gols. Próximo duelo acontece na próxima quarta

O público alemão descobriu, neste domingo, o que Marta poderá fazer no Mundial de futebol feminino. Depois de uma atuação apagada – repleta de reclamações – a melhor jogadora do mundo ajudou a seleção brasileira a derrotar a Noruega por 3 a 0, na Arena Volkswagen. O resultado garante o Brasil na próxima fase da competição, com uma rodada de antecedência.

Depois de uma estreia apertada – uma vitória por 1 a 0 sobre a fraca seleção australiana – o Brasil mostrou um bom futebol diante da adversária mais complicada da fase de grupos, a Noruega, que já faturou Olimpíada e Copa do Mundo.

Marta, no entanto, soube driblar o forte esquema defensivo da equipe adversária e, aos 21 minutos, abriu o placar após bela jogada individual. Na tentativa de igualar o placar, as norueguesas começaram a dar os primeiros espaços no jogo e, em questão de 60 segundos, o placar fora sacramentado. No primeiro minuto da última etapa, Marta aproveitou bela jogada de Cristiane e ampliou o placar. Logo depois, a lateral-esquerda Rosana deu números finais a partida.

O resultado garante o Brasil nas quartas-de-final da Copa do Mundo, alcançando seis pontos ganhos em dois jogos disputados. Noruega e Austrália, com três pontos ganhos, duelam pela segunda vaga da chave. Na próxima quarta-feira, às 13 horas (horário de Brasília), a seleção brasileira encerra sua participação na primeira fase diante da frágil, e já eliminada, Guiné Equatorial.

O jogo – Quando Marta não pegava na bola, o jogo tinha poucas emoções. Uma delas foi aos 14 minutos, quando a atacante Madeleine Giske recebeu na entrada da área e arriscou, mas acertou a zagueira Daiane ao invés do gol.

Aos 21 minutos, Marta disparou pela direita, em um lance polêmico brigou pela bola com a defensora Nora Holstad, ganhou e, já dentro da área, encontrou a marcação de Maren Mjelde. Com uma pedalada, deixou a rival no chão e abriu o placar.

Já no fim da etapa inicial, a forte Cristiane brigou com as norueguesas na frente da área. A bola sobrou para Roseane encher o pé e exigir boa defesa de Ingrid Hjelmseth.

As brasileiras voltaram ligadas para o segundo tempo e ampliaram logo no primeiro minuto. Marta arrancou pela esquerda, passou por duas rivais, cortou para o meio e rolou para Rosana. A camisa 6 dominou e bateu cruzado para fazer o segundo do Brasil.

A mulher com a camisa 10 verde e amarela estava impossível. Dois minutos depois, Mjelde tentou recuar para Hjelmseth, mas Cristiane recuperou e chutou em cima da goleira. Marta recolheu, limpou Mjelde com constrangedora facilidade e usou a canhota para fazer o terceiro.

Com o placar definido, o Brasil sofreu poucos sustos e teve outras boas jogadas de Marta, como um cruzamento para Cristiane, que saiu muito forte, ou outra arrancada pela direita, mas a finalização foi bloqueada. No fim do jogo, a Noruega tentou pressionar com jogadas aéreas, mas Andréia estava esperta e conseguiu interceptá-las.