Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marketing alia estreia de Luis Fabiano ao aniversário do Morumbi

Inicialmente, o departamento de marketing do São Paulo não cogitava nada especial para o primeiro jogo de Luis Fabiano neste seu retorno ao clube. Os dirigentes, porém, têm reunião marcada nesta tarde para definir como aproveitar uma coincidência: no domingo, quando o camisa 9 estará em campo contra o Flamengo, o Morumbi completará 51 anos.

A primeira medida, e única revelada até o momento, é fazer com que o estádio esteja lotado. Os ingressos já estão à venda em horários ampliados, até às 19 horas (de Brasília), e as primeiras informações são de que os bilhetes comercializados pela internet estão próximos de se esgotarem. A meta é que todas as 62.039 entradas se encerrem durante a semana.

‘Peço ao torcedor são-paulino, que nunca nos falta, que compareça em massa. Não é só um jogador são-paulino que volta ao clube do coração, mas uma contratação ambiciosa e um atleta importante para a Seleção Brasileira que pode garantir presença na Copa de 2014. Peço que aqueles 45 mil que compareceram à sua apresentação levem mais um amigo ao Morumbi’, convoca Julio Casares, vice-presidente de comunicações e marketing.

O departamento de marketing do clube acredita que executou bem seu papel em relação ao atacante quando 45 mil pessoas foram ao Morumbi em sua apresentação, em 29 de março. Desta vez, contudo, estudam-se idéias para fazer algo menor, mas parecido com o da celebração de mil jogos de Rogério Ceni pelo Tricolor.

No último 7 de setembro, mais de 63 mil torcedores estiveram na vitória sobre o Atlético-MG por 2 a 1 para celebrar o goleiro e receberam até um kit do goleiro, com direito a tarja de capitão, além de bandeiras e réplicas do ingresso terem sido distribuídas. Medida similar pode ocorrer neste domingo, dependendo da reunião desta segunda-feira.

Por enquanto, o maior ânimo é em relação à presença em campo do jogador que foi comprado há quase sete meses por cerca de R$ 17 milhões – a contratação mais cara do futebol brasileiro na temporada. ‘O Fabuloso voltou. Domingo é o dia’, exaltou o diretor de futebol Adalberto Batista.