Clique e assine com até 92% de desconto

Marin nega pressão por ouro e promete ‘balanço’ após torneio

Dirigente disse que permanência de Mano Menezes não depende de medalha

Por Da Redação 1 ago 2012, 12h08

O presidente da CBF, José Maria Marin, garantiu nesta quarta-feira que a permanência de Mano Menezes na seleção brasileira não dependerá da conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres. “A medalha de ouro não é o termômetro”, disse Marin ao chegar ao estádio do Newcastle, na Inglaterra.

Leia também:

Leia também: O inédito ouro olímpico da seleção: é agora ou nunca mais

Marin afirmou que planeja fazer uma grande reunião após a disputa dos Jogos para corrigir possíveis erros nas equipes masculina e feminina. “Vamos fazer um balanço da Olimpíada. Quero um relatório completo do chefe da delegação feminina, da masculina, do diretor de seleções e dos técnicos.” Por fim, o dirigente falou bem do trabalho de Mano Menezes e do técnico da seleção feminina, Jorge Barcellos. “Só tenho elogios, independente de qualquer resultado. Estou gostando muito do trabalho do Jorge Barcellos e do comprometimento da equipe”. (Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade