Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marcos recusa despedida contra Ajax e homenagem deve ser no meio do ano

O amistoso do Palmeiras contra o holandês Ajax, dia 14 de janeiro, no Pacaembu, não será o jogo de despedida do ex-goleiro Marcos. O ídolo alviverde, que agora terá dois meses de férias e nem deve aparecer no estádio, fará sua última partida pelo clube provalvemente no meio do ano.

‘As pessoas que estão promovendo o jogo com o Ajax conversaram com ele (sobre a possibilidade de se despedir nesta partida), mas o Marcos disse que não queria. Eu também entendo que a gente pode fazer algo melhor. Temos que ter tempo para promover um mega-evento’, informou o gerente de futebol César Sampaio, responsável por anunciar a aposentadoria do ‘santo’.

O contrato de Marcos previa o fim das atividades como atleta em dezembro de 2011. Depois disso, ele tem direito a descansar por 60 dias antes de definir se utiliza seus outros dois anos de vínculo trabalhando na comissão técnica ou na diretoria. O ex-camisa 12 não abriu mão do período de folga e adiou qualquer decisão que precise tomar a partir de agora.

‘Mais importante do que toda a parte de marketing e até econômica é o que o Marcos pensa. Quem tem que ser ouvido é ele, que disse querer esses dois meses de férias. Temos que respeitar um cara que tanto fez pela instituição. Até o meio do ano é um prazo legal para promovermos uma despedida da grandeza dele’, emendou Sampaio.