Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marcelinho Paraíba é detido em Campina Grande acusado de estupro

O meia Marcelinho Paraíba, do Sport, foi preso na madrugada desta quarta-feira com mais dois amigos acusado de estuprar uma mulher de 31 anos durante uma festa em seu sítio, localizado no bairro Nova Brasília, em Campina Grande (PB), sua terra natal. A suposta vítima da agressão seria irmã do policial Rodrigo do Rego Pinheiro, titular da delegacia do distrito de São José da Mata.

A festa na qual a agressão teria ocorrido reuniu cerca de 30 pessoas na propriedade do jogador. Após receber uma denúncia, a polícia foi ao local e levou para a delegacia o jogador e mais dois amigos, que foram acusados de desacato a autoridade.

Marcelinho Paraíba e seus amigos foram encaminhados para a 2.Superintendência Regional da Polícia Civil, no bairro do Catolé, onde devem prestar depoimento. Segundo a vítima, que mostrou ferimentos nos lábios, os participantes da festa haviam ingerido bebida alcoólica.

Na última segunda-feira, o jogador Mancini, do Atlético-MG, foi condenado a dois anos e oito meses de prisão pela justiça italiana por estupro e lesão corporal a uma jovem brasileira. O meia, que na época atuava na Inter de Milão, afirma que é inocente e alega ser vítima de extorsão.