Clique e assine a partir de 9,90/mês

Marcão diz que time se livrou de goleada e vê acesso distante

Por Da Redação - 14 set 2011, 20h39

O Goiás mais uma vez perdeu pontos dentro de casa e vacilou na tentativa de se aproximar do G-4 da Série B ao ser derrotado por 2 a 1 para o ABC na noite da última terça-feira, no estádio Serra Dourada. Para o zagueiro Marcão, no entanto, o resultado diante da equipe potiguar poderia ter sido ainda pior.

Segundo ele, a atuação no primeiro tempo deixou muito a desejar, assim como o desempenho recente dos atletas esmeraldinos.

‘Só não tomamos mais porque Deus não quis. Tivemos chance de empatar, mas não conseguimos. A diretoria já mudou de treinador três vezes no ano, fez o que pôde e estamos deixando a desejar. Nós temos que assumir a bronca’, disparou o defensor.

Sobre a possibilidade de voltar à Série A ainda este ano, o jogador tratou de diminuir as expectativas da torcida. ‘Do jeito que está não dá pra subir, é preciso ser realista’, comentou o atleta.

Continua após a publicidade

Com 29 pontos, o time está mais perto da zona de rebaixamento (cinco pontos à frente do Vila Nova, 17colocado) do que do grupo dos quatro primeiros (11 pontos atrás do Americana).

Nesta quarta-feira, o elenco se reapresentou à tarde ao técnico Ademir Fonseca e já começou a trabalhar visando ao duelo com o Paraná, no Durival de Brito. Para o embate, o goleiro Harlei, que deixou o gramado machucado no revés de terça, deve dar lugar a Pedro Henrique.

Publicidade