Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maradona volta a cutucar Pelé e exalta o argentino Lionel Messi

Desafeto conhecido de Pelé, Diego Armando Maradona voltou a cutucar o ex-santista, desta vez para falar sobre o seu compatriota, Lionel Messi. Após ver o camisa 10 do Barça se tornar o maior artilheiro da história do clube espanhol, El Pibe disse que o brasileiro não gosta dos questionamentos se Messi é o melhor jogador da história do futebol.

‘Eu não devo dizer quem é melhor ou o pior. Comentei isso milhares de vezes: deixem o Messi em paz. Mas, acima de tudo isso, o bom é que, quando falamos sobre isso, um senhor moreno na Fifa não fica muito feliz com a discussão’, disse o argentino, que já atacara Pelé após o ex-camisa 10 da Seleção Brasileira considerar-se o ‘Beethoven’ do futebol.

Além da polêmica com o principal jogador da história do Santos, quem Maradona já disse que precisaria ‘voltar ao museu’ e ‘tomar os remédios corretos’, o argentino revelou ter aconselhado Carlos Tevez, antes vivendo um imbróglio no Manchester City.

Sem atuar há quase seis meses por conta de problemas com o técnico Roberto Mancini, o ex-corintiano fez seu retorno nesta semana, quando deu o passe para a virada de sua equipe em cima do Chelsea, por 2 a 1.

De acordo com ex-jogador, ele disse para Tevez conversar com seu comandante. ‘Havia dito a ele há três meses para conversar com Mancini o mais rápido possível. Disse isso porque ele estava perdendo dinheiro, mas também porque precisava voltar a jogar. Avisei a ele: ‘você precisa voltar”, encerrou.