Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maradona: ‘Precisamos bater o Brasil. Eles estão terríveis’

Ex-craque reconhece força dos anfitriões, mas aposta numa repetição de 1986

Derrotado ao comandar a seleção argentina na última Copa do Mundo, em 2010, o ex-craque Diego Maradona aposta que o desfecho da campanha de seu país no Mundial de 2014 será muito diferente – confiante na geração liderada por Messi, ele aposta numa repetição da conquista histórica do México-1986. Naquela ocasião, Maradona foi o grande destaque da competição e levou a equipe ao título. “Vamos repetir a campanha de 86. Seremos campeões. Mas precisamos passar pelos brasileiros. Eles estão terríveis”, disse Maradona, com cara de preocupado, em entrevista exibida pelo canal TyC Sports.

Leia também:

Maradona: ‘Cristiano Ronaldo deve ganhar a Bola de Ouro’

Itália notifica Maradona e cobra dívida de 39 mi de euros

Maradona: ‘Quando Benítez sair, quero treinar o Napoli’

Apesar de apostar no tricampeonato da Argentina, Maradona reconhece que há outras seleções fortes na briga. Além dos donos da casa, ele aponta Alemanha e Holanda como oponentes perigosos. “Estão muito bem”, avalia. “A Itália nem tanto, e a Espanha está ficando entediada com o seu próprio toque de bola. Eles tocam e tocam, mas não definem.” Cabeça-de-chave, a Argentina está no Grupo F da Copa, ao lado de Bósnia-Herzegovina, Irã e Nigéria. Se o favoritismo das duas equipes se confirmar na primeira fase, um encontro entre brasileiros e argentinos só será possível na final da competição. Com Maradona em campo, a Argentina levou a melhor no último confronto em Mundiais, em 1990.

(Com agência Gazeta Press)