Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Maracanã: Flamengo com dúvidas e Botafogo quase certo

Clubes seguem caminhos diferentes na negociação com consórcio do estádio

Por Da Redação 10 jul 2013, 09h42

O impasse entre o Flamengo e o Consórcio Maracanã, responsável pela administração do estádio carioca, deve continuar pelas próximas semanas. Pelo menos foi o que indicou o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, que anunciou um acerto verbal com o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, para fazer pelo menos mais seis jogos no Mané Garrincha. O cartola disse que não tem pressa para fechar o acordo para voltar a atuar no Rio. “Talvez esse seja o contrato mais importante da história do Flamengo. Não vamos assinar de qualquer jeito. As dificuldades em campo se resolvem em campo”, disse Bandeira de Mello na terça. O cartola comemorou a boa presença de público em Brasília e disse que nem mesmo o desgaste pelas viagens constantes à capital federal mudarão seus planos. “Como temos grande torcida pelo Brasil, podemos nos dar esse luxo.”

Leia também:

Leia também: Maracanã reabre ao futebol nacional com duelo Flu x Vasco

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade