Clique e assine com até 92% de desconto

Mano: ‘Neymar involuiu. Ele precisa focar no futebol’

Ex-treinador da seleção diz ainda que é preciso uma renovação na CBF

Por Da Redação 17 Maio 2013, 13h53

Mano Menezes, ex-técnico da seleção brasileira, demitido em novembro de 2012, está entre os que acreditam que o futebol de Neymar caiu de rendimento nos últimos tempos. “Nos últimos seis meses, vimos não uma evolução nele, mas uma pequena involução, num momento crucial para o Brasil. Todo jogador tem fases, mas ele pode ficar mais centrado, preocupar-se mais com o futebol neste Campeonato Brasileiro “, disse o técnico em entrevista à Rádio Bradesco FM.

Leia também:

O paradoxo de Neymar, um ídolo que divide os brasileiros

Neymar, xingado e vaiado, garante: ‘Eu não estou nem aí’

Mano Menezes reaparece – e defende trabalho na seleção

“Agenda do futebol desgasta Neymar”, afirma assessor

Pelé critica Neymar – vaidoso, imaturo e ‘viciado’ em faltas

Em fevereiro, Pelé fez criticas semelhantes a Neymar, afirmando que o atacante estava mais preocupado em “aparecer na mídia” do que jogar futebol. Para Mano, Neymar teria mais destaque caso se transferisse para a Europa. “Já falávamos isso. Era importante que ele ficasse no futebol brasileiro, para que as crianças tivessem um ídolo. Mas para a carreira, ir para a Europa era mais importante ainda.”

Leia também:

CBF: os seis dias de caos no comando do futebol brasileiro

Ao convocar dupla campeã, Marin busca calmaria até 2014

Isolado, Andrés Sanchez enfim decide pedir demissão na CBF

Continua após a publicidade

Mudanças – Mano Menezes também pediu mudanças na CBF. Sem citar nomes, o treinador – que pensa em trabalhar somente no segundo semestre, possivelmente no exterior – afirmou que a entidade precisa de renovação. “Não é questão de (a CBF) ser máfia ou não, a estrutura é ruim. Precisamos de gente com pensamentos novos, capaz de entender o futebol como ele é. Quando estive lá, pediram renovação, pediram para mudar as categorias de base, fiz perguntas internas, se podia mexer como queria. Não tem meio-termo nisso. Quando você mete a mão nesses assuntos, mete a mão em muitos interesses, muita gente é prejudicada. Foi pensando nisso que indiquei o Ney Franco, um profissional muito capaz, correto. O trabalho com ele surtiu efeitos. Os jogadores jovens da seleção principal vêm desse trabalho: Lucas, Oscar, Fernando, todos vindos da Seleção sub-20, oriundos desse trabalho coordenado.”

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Mano aproveitou ainda para alfinetar Romário. Durante o período em que comandou a seleção, o ex-atacante o acusou de favorecer empresários em suas convocações. “Não concordo com quem fez parte de um ambiente por muito tempo e não fala nada publicamente quando esteve lá. Ou você é homem para falar quando está lá, ou sossega. Muita gente ficou anos lá, e só agora fala que é máfia. Acho estranho.”

https://youtube.com/watch?v=aV3W_DLMko8%3Frel%3D0

Santos x Flamengo

https://youtube.com/watch?v=zH-UlEZ1fmc%3Frel%3D0

Santos x Internacional

https://youtube.com/watch?v=3C777I68V1Q%3Frel%3D0

Santos x Kashiwa Reysol

https://youtube.com/watch?v=_rOrG_vKt3w%3Frel%3D0

Santos x Atlético-MG

https://youtube.com/watch?v=XECwP8e_Hs0%3Frel%3D0

Santos x Santo André

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade