Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mano espera aproveitar lição da Euro no Brasil: paciência com a bola

Por Da Redação - 1 jul 2012, 15h43

O técnico Mano Menezes está presente ao estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, para acompanhar a decisão da Eurocopa-2012 entre Espanha e Itália. Em entrevista ao Sportv, o comandante da Seleção Brasileira acredita que os confrontos entre os países do Velho Continente proporcionaram uma lição ao país pentacampeão mundial.

‘Nós precisamos adquirir a qualidade de voltar e rodar a bola com paciência’, explicou o treinador, que prepara o Brasil para os Jogos Olímpicos de Londres e para a Copa do Mundo de 2014 em casa.

No jogo deste domingo na Ucrânia, a Espanha cumpriu o favoritismo de alcançar a final, já que ganhou, na sequência, a Euro-2008 e a Copa do Mundo-2010. Mano Menezes não contém elogios aos integrantes da Fúria, mesmo com algumas críticas pelas recentes atuações sem tanto brilho.

‘Não podemos analisar a Espanha de maneira comum, como as outras seleções. Eles são confiantes ao jogar da maneira deles, a Espanha chegou com méritos à final’, avisou.

Publicidade

Em compensação, a Itália apresentou uma importante evolução desde o Mundial de 2010. Por isso, no confronto da semifinal da Eurocopa, eliminou até a Alemanha, considerada uma das sensações do continente europeu.

‘A Itália tem o seu jogo centralizado no Pirlo, que não joga de volante, está atuando mais adiantado, como um meia, porque tem capacidade de dar retorno’, explicou Mano Menezes, que citou o polêmico atacante Mario Balotelli como um jogador ‘instável’, porém com capacidade de decidir a final.

Publicidade