Clique e assine com até 92% de desconto

Mano elogia, mas ainda considera necessário Luís Fabiano se acalmar

Por Da Redação 20 jun 2012, 16h23

Mano Menezes vem realizando testes com diversos centroavantes na Seleção Brasileira: Alexandre Pato, Leandro Damião e, mais recentemente, Hulk receberam oportunidades em jogos amistosos. Entre eles não está Luís Fabiano, que disputou a Copa do Mundo em 2010 pelo time nacional e atualmente joga no São Paulo.

Ciente dos feitos do camisa 9 tricolor, Mano elogiou o atacante e abriu a chance para que ele tenha novas oportunidades na Seleção, mas lembrou que seu temperamento ainda atrapalha. ‘Na vontade de querer ajudar muito, ele às vezes passa do ponto. A gente avalia pelos gols que ele faz, pois ele sabe como (marcar gols). O importante é se acalmar’, afirmou.

Nos três primeiros jogos do Campeonato Brasileiro, Luís Fabiano recebeu três cartões amarelos e, na volta após suspensão, recebeu duas advertências, que geraram a expulsão no último domingo, diante do Atlético-MG – na vitória por 1 a 0, com gol do camisa 9. Na súmula da partida, o juiz Elmo Resende da Cunha relatou as ofensas proferidas pelo atacante.

‘P…, marca só uma, seu m…, tá (sic) inventando desde o início, é muito fraco. Seu filho da p…, você é um v…, dá vontade de meter o soco na sua cara, vagabundo, te encher de pancada’, gritou Luís, de acordo com a súmula do confronto. Agora, o jogador, punido pela diretoria, passará por julgamento e pode ficar 12 jogos suspenso.

Continua após a publicidade
Publicidade