Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mano confirma esquema ofensivo e dispara contra Mário Fernandes

O técnico Mano Menezes vai apostar no ataque da Seleção Brasileira para o jogo contra a Argentina, na decisão do Superclássico das Américas. Nesta terça-feira, ele confirmou o setor ofensivo da equipe com quatro peças ofensivas: Lucas, Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Borges estarão juntos no jogo do dia seguinte no estádio Mangueirão, em Belém (PA).

No jogo de ida, houve empate por 0 a 0 em Córdoba, na Argentina. Portanto, quem vencer a partida garante a conquista. Se houver outro empate, a decisão irá para os pênaltis.

‘Nós vamos sacrificar um pouco a questão do retorno da bola, prender um dos laterais e precisaremos de cooperação. Vamos ver como fica’, comentou Mano Menezes.

O comandante brasileiro analisou outras mudanças no time titular no treino desta terça-feira. Além de Lucas e Borges, o meio-campo recebe a entrada de Rômulo. Por fim, o lateral esquerdo Cortês ganhou a concorrência do experiente Kleber.

Irritação? – Nesta terça-feira, Mano Menezes foi obrigado a abordar temas polêmicos. Na questão do lateral direito Mário Fernandes, que desistiu da convocação de forma surpreendente, o treinador não fechou totalmente as portas da Seleção, mas deixou a entender que o atleta terá muito trabalho para ganhar uma nova oportunidade.

‘Tivemos uma conversa geral e respeito questões particulares. Não sou intransigente, mas em qualquer lugar existem regras para cumprí-las. Alguns estão aqui com dor e cansaço. Isso precisa ficar claro na nossa relação’, disse.

Por fim, Mano Menezes reclamou da decisão da Argentina em convocar opções do Campeonato Brasileiro, como os meio-campistas Bolatti e Guiñazu (Internacional), além de Montillo (Cruzeiro). Ele considera que o rival está em vantagem na regra do confronto.