Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mano chama Fred e mais quatro do Flu para Superclássico

Ele não convocou atletas de São Paulo e Grêmio, por causa da Sul-Americana

Brasil x Argentina: convocados

Goleiros: Diego Cavalieri (Fluminense) e Jefferson (Botafogo)

Zagueiros: Durval (Santos), Leonardo Silva (Atlético-MG) e Réver (Atlético-MG)

Laterais: Carlinhos (Fluminense), Fábio Santos (Corinthians), Lucas Marques (Botafogo) e Marcos Rocha (Atlético-MG)

Meias: Arouca (Santos), Jean (Fluminense), Fellype Gabriel (Botafogo), Paulinho (Corinthians), Ralf (Corinthians) e Thiago Neves (Fluminense)

Atacantes: Bernard (Atlético-MG), Fred (Fluminense), Leandro Damião (Internacional) e Neymar (Santos)

Se antes da conquista do Campeonato Brasileiro o Fluminense era pouco representado nas convocações do técnico Mano Menezes, a primeira lista divulgada depois do título tem o clube carioca em destaque. Cinco atletas do elenco vencedor estão na lista para a decisão do Superclássico das Américas, no dia 21, em Buenos Aires (confira ao lado). Fred e Diego Cavalieri, os mais cotados do Flu para a convocação, foram enfim lembrados. Também ganharam uma chance o volante Jean e o lateral Carlinhos. Thiago Neves, que já vinha sendo chamado, voltou a fazer parte da lista. Wellington Nem, desta vez, não foi convocado, por causa de uma contusão sofrida no jogo decisivo do fim de semana, contra o Palmeiras (na galeria acima, fotos da conquista). Mano parece ter levado em conta o momento da temporada – além de ter dado espaço ao Flu, que já está praticamente de férias na temporada, o técnico não convocou jogadores do São Paulo e do Grêmio, que podem disputar uma das semifinais da Copa Sul-Americana no mesmo dia da partida contra os argentinos (o Grêmio ainda precisa garantir sua vaga).

O Corinthians, que se prepara para a ida ao Japão para o Mundial de Clubes, também gostaria de ter seus atletas dispensados, mas Fábio Santos, Ralf e Paulinho foram chamados. Neymar, o principal jogador em atividade no país, está garantido na partida. As principais novidades são os zagueiros Durval, do Santos, e Leonardo Silva, do Atlético-MG, além do meia Fellype Gabriel, do Botafogo. A partida contra os argentinos será o último jogo da seleção no ano. Só jogadores que atuam no país podiam ser convocados – e se nas últimas semanas a disputa do Brasileirão impedia que Mano chamasse vários jogadores de um mesmo time, agora a situação era altamente favorável aos atletas do Flu. Nas duas primeiras convocações para o Superclássico – para o jogo em Goiânia e, depois, para a partida em Resistência, que não aconteceu por causa da falta de luz no estádio -, Mano Menezes repetiu a lista. O Brasil ganhou o primeiro jogo por 2 a 1. Se empatar, garante o título do minitorneio. Antes disso, na quarta-feira, a seleção principal, reforçada com os atletas que atuam no exterior, encara a Colômbia, em Nova Jersey.

Leia também:

Seleção aguarda chance de medir forças com os grandes

Decepção na Argentina sela um ano perdido para a seleção

Seleção alcança sua pior colocação no ranking da Fifa: 14º

‘Dona’ da seleção até 2022 está sob suspeita de corrupção