Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mancini rebate presidente sobre contratação de atacante e testa Amaral na equipe

O técnico Vágner Mancini fez questão esclarecer a situação envolvendo a contratação do atacante Fábio Lopes, desmentindo o presidente do clube, que afirmou que o atleta foi uma indicação do ex-treinador cruzeirense Levir Culpi. Segundo Mancini, o jogador já era conhecido e foi oferecido ao time mineiro, por isso, Levir Culpi teria sido consultado e dado o aval para vinda do atacante.

‘Isso foi mal explicado. Foi um atleta oferecido ao clube, fomos em busca das informações, e as do Levir foram as melhores. Eu já conhecia o atleta do Icasa e do Coritiba, e achamos que a vinda era positiva. Não foi indicação de quem está de fora. Assim como o Levir serviu de instrumento para a gente, outros clubes me ligam para saber informações, isso acontece muito no futebol’, disse.

Vágner Mancini revelou ainda que não tem o elenco que gostaria e que ainda está atento ao mercado em busca de mais reforços. ‘Estamos tentando encontrar soluções no mercado. A diretoria tem se empenhado, o mais importante é estar focado nos atletas que temos hoje. O Osvaldo está em outro clube, não vou me alongar nisso’, afirmou.

Sobre a formação do time, o treinador trocou o colombiano Diego Arias por Amaral no primeiro treinamento coletivo da semana e disse que essa já era uma situação que estava previamente combinada com os atletas. Dessa forma, Amaral será titular no amistoso do próximo sábado, contra o Mamoré.