Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mancini admite que sabe pouco sobre adversário na Copa do Brasil

O Cruzeiro vai dar uma pausa no Campeonato Mineiro e na próxima quarta-feira, vai iniciar a caminhada rumo ao quinto título da Copa da Brasil. A Raposa que levantou a taça em 1993, 1996, 2000 e 2003 vai enfrentar o quase desconhecido Rio Branco-AC, pelo menos para o técnico Vágner Mancini, que admite que é difícil obter informações sobre o atual campeão acreano.

Diante da situação, o treinador cruzeirense vai ter atenção total para não ser surpreendido logo na estreia da competição nacional, assim como ocorreu no primeiro jogo do Mineiro deste ano, revés celeste em plena Arena do Jacaré. Para não encarar uma equipe desconhecida, Mancini já enviou membros da comissão técnica cruzeirense para o Acre.

‘As informações são as mesmas que temos aqui de Minas Gerais, que são poucas. Não dá para você acessar muita coisa. Já temos gente lá que está tentando tirar as informações também’, disse Vágner Mancini, que acredita que vai conhecer melhor o adversário no decorrer do jogo, e terá que passar informações para os atletas com a partida em andamento.

‘Nós achávamos que jogariam de uma forma e, de repente, na hora do jogo, você tem de ficar passando informação, o que é uma dificuldade natural. Assim como a gente enfrenta uma equipe do Norte do país, muito distante da gente’, declarou.

Para o duelo contra o Rio Branco-AC, Vágner Mancini não terá o artilheiro do Mineiro Wellington Paulista, que vai cumprir suspensão. ‘Sobre a saída do Wellington, nós temos a opção de entrar com o Walter ou o Wallyson. Vai ser decidido dependendo daquilo que for o jogo. Eu não sei se outro atleta até o jogo vai sentir alguma coisa, então não dá para eu adiantar mais nada’, disse.