Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manchester United se recupera de humilhação e bate Everton fora de casa

Buscando se reerguer após a humilhante derrota por 6 a 1 contra o Manchester City, o Manchester United viajou para encarar o Everton, fora de casa. Mesmo com a pressão da torcida local, os Diabos Vermelhos garantiram uma vitória magra por 1 a 0 com um gol do mexicano Javier ‘Chicharito’ Hernández.

Com o resultado, o United soma agora 23 pontos na tabela do Campeonato Inglês, mantendo-se na vice-liderança do torneio. No restante desta décima rodada, a equipe comandada por Alex Ferguson ainda torcerá por um tropeço do Manchester City, que entrará em campo ainda neste sábado buscando ampliar sua liderança do torneio.

Impondo seu ritmo de jogo logo no início do primeiro tempo, o Manchester United dominou as principais jogadas ofensivas ao longo dos 20 minutos iniciais. Reflexo disto foi o primeiro gol dos visitantes.Aos 19 minutos, Chicharito recebeu um belo cruzamento de Evra na pequena área. Com categoria, o mexicano teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes e inaugurar o placar em Goodison Park.

Abatido pelo gol sofrido, o Everton não conseguiu se recompor dentro de campo e foi vítima de uma pressão do United, porém, com sucesso. Equilibrando o embate, os anfitriões começaram a levar perigo ao gol de De Gea, entretanto, tiveram sua melhor chance apenas no final da primeira etapa.

Na marca dos 40 minutos, Leighton Baines cobrou uma falta perigosa na entrada da grande área do Manchester United e viu seu chute carimbar caprichosamente o travessão dos forasteiros, mantendo assim o placar de 1 a 0 no primeiro tempo.

Já no retorno para a etapa final, o Everton voltou melhor, mas ainda assim não conseguiu furar a defesa imposta pelo Manchester United. Ciente das dificuldades dos donos da casa, Ferguson promoveu mudanças nos Diabos Vermelhos na tentativa de ampliar sua vantagem na partida.

Chicharito deu lugar a Berbatov, enquanto Cleverley foi substituído pelo português Nani. Ferguson ainda sacou Welbeck da partida para a entrada de Antonio Valencia. Apesar das três modificações, os forasteiros pecaram no momento das finalizações e não conseguiram estufar as redes de Tim Howard pela segunda vez.

Nos instantes finais do duelo, o United adotou uma postura mais defensiva, atraindo assim o Everton. Entretanto, não se lançou no contra-ataque diante dos anfitriões para não se arriscar e assegurou a vitória fora de casa.