Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manchester United já prepara oferta por Cristiano Ronaldo

Clube inglês quer oferecer 55 milhões de libras por jogador português do Real

O principal empecilho para negociação seria o salário de Cristiano Ronaldo, que recebe 220.000 libras por semana no Real Madrid. O Manchester United não sabe se será capaz de oferecer um valor tão alto ao português

Atleta do Manchester United entre 2003 e 2009, o atacante Cristiano Ronaldo pode acertar seu retorno ao clube inglês na próxima janela de transferências do futebol europeu. De acordo com informações divulgadas pela imprensa britânica nesta sexta-feira, o time inglês planeja oferecer 55 milhões de libras – cerca de 165 milhões de reais – ao Real Madrid para concretizar a negociação. Em busca do acerto com o camisa 7 da equipe espanhola, o Manchester United terá como principal aliado o treinador Alex Ferguson, que já foi definido pelo atleta como uma grande referência para sua carreira. Além disso, uma possível saída do técnico José Mourinho do Real Madrid no fim desta temporada também poderia facilitar a negociação, já que Cristiano Ronaldo gosta muito do treinador. De acordo com o jornal Daily Star, o português está insatisfeito com o tratamento que recebe na Espanha, pois acredita que Lionel Messi, do Barcelona, atrai todos os holofotes. Com isso, um retorno à Inglaterra, onde ele seria o grande protagonista da competição, é visto de forma positiva pelo jogador.

Leia também:

Real pode vender Cristiano e pagar R$ 260 mi por Neymar

Os carrões de Cristiano Ronaldo, viciado em velocidade

‘Quem me conhece sabe o tipo de pessoa que sou’, diz Cristiano

Os carrões de Cristiano Ronaldo, viciado em velocidade

‘Ser humilde demais não é bom’, afirma craque português

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Valorizado pelo prêmio, Cristiano Ronaldo foi vendido ao Real Madrid, em 2009, por 94 milhões de euros, a transação mais cara da história do futebol. Na última terça, o jornal espanhol El País revelou que o Real Madrid aceitaria vender o atacante ainda neste ano, pois teme perder Cristiano Ronaldo sem nenhuma compensação financeira ao término de seu vínculo com o atleta português, em junho de 2015. Neymar (Santos), Gareth Bale (Tottenham Hotspur), David Silva (Manchester City) e Isco (Málaga) seriam os jogadores cotados no Real para substituir o português. A decisão teria sido tomada depois que o presidente do clube de Madri, Florentino Pérez, percebeu que Cristiano Ronaldo não pretende renovar seu contrato. Os dirigentes do Real Madrid tentam obter desde setembro um vínculo vitalício com o jogador português e estariam dispostos a oferecer um salário de 15 milhões de euros livres de impostos por temporada. O empresário do atleta, Jorge Mendes, suspendeu as negociações no ano passado.

(Com agência Gazeta Press)