Clique e assine a partir de 8,90/mês

Manchester recebe o clássico decisivo entre United e City

Se time vermelho vencer, praticamente garante o título do Campeonato Inglês

Por Da Redação - 8 abr 2013, 09h40

Para os “Diabos Vermelhos”, o jogo é também uma revanche pela goleada sofrida em 2011, ainda no primeiro turno do torneio, quando o United foi humilhado em casa: 6 a 1 para o City

A cidade de Manchester recebe nesta segunda-feira um dos principais clássicos do futebol inglês – e um duelo entre dois dos clubes mais ricos do futebol europeu na atualidade. Manchester United e Manchester City se enfrentam no Estádio Old Trafford, casa da equipe vermelha, a partir das 16 horas (de Brasília). O jogo, válido pela 32ª rodada, coloca frente a frente líder e vice-líder do Campeonato Inglês. Com 77 pontos, o Manchester United tem quinze de vantagem para o rival e pode praticamente garantir a faixa de campeão se sair com os três pontos diante de sua torcida. Depois da partida desta segunda, faltarão sete jogos na agenda dos times, com 21 pontos em disputa.

Eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões, o United está muito próximo de evitar o que aconteceu no ano passado, quando também teve uma vantagem enorme sobre o City, mas acabou perdendo o título para o rival local nas rodadas finais. Para os “Diabos Vermelhos”, o jogo é também uma revanche pela goleada sofrida em 2011, ainda no primeiro turno do torneio, quando o United foi humilhado em casa: 6 a 1 para o City. A equipe do técnico Alex Ferguson vai completa para a partida, com o holandês Robin Van Persie no comando de seu ataque. O jogador passa por um longo jejum de gols e não sabe o que é marcar com a camisa do United há 9 jogos.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga Veja Esporte no Twitter

Do outro lado, o Manchester City vê o bicampeonato do Campeonato Inglês como algo cada vez mais distante. Para o jogo deste início de semana, a equipe estará praticamente completa, tendo apenas os desfalques dos defensores Maicon e Micah Richards. Maicon tem até disputado partidas com o time sub-21 do clube inglês para ganhar ritmo de jogo e voltar a atuar pelo elenco principal. Nesta semana, um dos destaques do time, o volante Yaya Touré renovou seu contrato por mais quatro temporadas, e agora ganhará mais de 10 milhões de euros e mais bônus por produtividade.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade