Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Manchester City sofre, mas vence na estreia no Inglês

Por Da Redação 19 ago 2012, 15h02

O Manchester City começou a defesa do seu título nacional com uma vitória sofrida. Neste domingo, em casa, no City of Manchester, a equipe perdeu um pênalti, levou uma virada, mas conseguiu se recuperar e venceu o Southampton por 3 a 2, em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Inglês.

Os problemas do Manchester City começaram logo no primeiro tempo. Aos 15 minutos, Tevez sofreu pênalti, mas David Silva desperdiçou a cobrança ao chutar rasteiro, no centrodo gol, com Davis conseguindo defender com o pé. Apesar do erro, o atual campeão inglês continuou superior, desperdiçou algumas chances de gol e conseguiu abrir o placar aos 39 minutos com Tevez, que recebeu lançamento de Nasri e bateu rasteiro para marcar.

No segundo tempo, o Manchester City manteve o domínio da partida, mas perdeu a chance de abrir vantagem confortável ao pecar nas finalizações. Aos 13 minutos, então, o Southampton empatou o duelo com Lambert, que finalizou após tabela com Do Padro. O gol da virada saiu aos 22 minutos. Em um contra-ataque, Lallana ajeitou para Davis, que bateu rasteiro e marcou.

O Manchester City reagiu imediatamente e empatou o duelo aos 26 minutos, com Dzeko, que tocou para as redes após confusão na grande área depois de cobrança de escanteio. Após o empate, o campeão inglês seguiu pressionando e conseguiu a virada aos 34 minutos. Clichy cruzou na área, a defesa do Southampton cortou mal e a bola sobrou para Nasri finalizar para as redes e garantir o triunfo na estreia no Campeonato Inglês.

Chelsea – Sexto colocado na última temporada, o Chelsea iniciou a luta por uma colocação melhor no Campeonato Inglês vencendo o Wigan por 2 a 0 fora de casa neste domingo, na partida que marcou a estreia do meia Oscar, ex-Internacional, com a camisa da equipe londrina.

O atual campeão europeu precisou de menos de dez minutos de bola rolando para levar a melhor no DW Stadium. Logo aos dois minutos, Ivanovic foi lançado em profundidade e tocou no canto esquerdo. Aos sete, Hazard sofreu pênalti. Lampard bateu rasteiro com força e ampliou.

Empurrado pela torcida, o Wigan tentou reagir após sair atrás em tão pouco tempo de bola rolando, mas o time visitante soube conter as investidas do adversário.

Na etapa final, Hazard deu lugar a Oscar. Vestindo a camisa 11, que até o ano passado era de Drogba, o meia, que estreou bem, teve chance de fazer o terceiro do Chelsea, mas chutou para fora após arrancar pela direita.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade