Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Magoado por perder braçadeira para Neymar, Thiago Silva critica Dunga

Zagueiro do PSG afirmou que craque do Barcelona não falou com ele sobre o assunto

O ex-capitão da seleção brasileira Thiago Silva desabafou neste domingo o seu aborrecimento por ter perdido a titularidade e a braçadeira de capitão para Neymar. Em entrevista coletiva em Viena, onde o Brasil enfrentará a seleção da casa na terça-feira, o zagueiro não poupou críticas ao técnico Dunga. E afirmou ter ficado ressentido por não ter sido procurado para uma conversa sobre a transferência do posto de capitão.

“Ninguém veio me procurar para conversar e é isso que me deixa chateado. Mas não tem de partir de mim essa conversa”, disse o zagueiro. “Parece que te tiraram algo que te pertence. É triste. É doloroso. Perdi espaço e estou chateado”, declarou o jogador do PSG.

Desde a Copa do Mundo, Thiago Silva foi convocado à seleção pela primeira vez para os amistosos contra a Turquia e Áustria, mas acabou ficando no banco de reservas. Ele afirmou que não foi chamado antes porque estava contundido, mas admitiu que tem “sentido os treinos” nos últimos dias. Questionado se a perda de titularidade seria temporária, ele respondeu: “Hoje em dia eu não sei. Depende do ponto de vista das pessoas”.

O ex-capitão também disparou contra os treinos organizados por Dunga. “Há uma correria louca e precisa ter um meio termo. Não pode ser lento, mas também não pode ser acelerado”, afirmou.

Durante a Copa do Mundo, Thiago Silva surpreendeu ao não participar da disputa de pênaltis contra o Chile, pelas oitavas de final, apesar de ser então o capitão do time. Na ocasião, chegou a ficar de costas para o gol para não ver o resultado das cobranças.

Visivelmente irritado com a situação, o jogador contou que, desde que voltou, passou a ficar “mais reservado”. “Tenho procurado algumas pessoas para conversar. Mas não quero dizer nomes para não comprometer essas pessoas e para que não sofram”, disse.

Leia também:

Problemas aceleram renovação do Brasil – e Dunga festeja

Com 2 de Neymar, aplaudido por torcida turca, Brasil goleia

(Estadão Conteúdo)