Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Magnano não define data de convocação e vê time olímpico aberto

O técnico da Seleção Brasileira masculina de basquete Rubén Magnano quer evitar decisões precipitadas sobre o time que levará aos Jogos Olímpicos de Londres-2012. O argentino ainda não definiu quando fará a convocação dos atletas e garantiu que mesmo as estrelas de ligas estrangeiras não estão garantidas na lista.

‘A data da convocação ainda não foi definida, mas o começo dos treinos deve ser no início de junho’, disse Magnano ao site oficial da Federação Internacional de Basquete (FIBA). O Brasil volta a disputar as Olimpíadas após ficar fora das últimas três edições do evento.A convocação da Seleção é cercada de expectativa por conta da possível presença dos atletas brasileiros que atuam na NBA e não atenderam ao chamado para a disputa do Pré-olímpico de Mar Del Plata. Na ocasião Magnano convocou Tiago Splitter, Anderson Varejão, Nenê e Leandrinho, mas apenas os dois primeiros se apresentaram ao time.

Contundido, Varejão foi cortado pela comissão técnica, deixando apenas Splitter no time que conseguiu a vaga na Argentina. Nenê e Leandrinho alegaram motivos pessoais e lesões para não atenderem ao chamado.

Mas mesmo Splitter e outras estrelas da Seleção, como o armador Marcelinho Huertas do Barcelona, não estão garantidos na lista. O treinador, responsável por levar a Argentina ao vice-campeonato mundial em 2002 e ao ouro em Atenas-2004, afirma que o time está completamente aberto.

‘São 12 vagas abertas para os Jogos Olímpicos e todo bom jogador que quiser defender o Brasil nas Olimpíadas tem chance de ser convocado e competir por um lugar’, afirmou o técnico.