Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Magnano abre período de treinos na seleção de basquete

Por AE

São Paulo – Depois de dois dias dedicados a exames médicos e testes físicos, a seleção brasileira masculina de basquete fez nesta quarta-feira, em São Paulo, o seu primeiro treino na preparação para a Olimpíada de Londres. E uma das primeiras preocupações do técnico Rubén Magnano é fazer a readaptação do pivô Nenê, que não defende o Brasil desde 2007, no Pré-Olímpico de Las Vegas.

Além da adaptação ao trabalho e ao estilo de jogo, Magnano espera ver o comprometimento de Nenê com a seleção. “Estamos falando de um cara muito inteligente na hora de jogar basquete. É um cara que pode chutar e passar muito bem, e pode ser bastante solidário. Mas já disse, e repito, que quero ver atitudes. E isso também tem a ver com a forma de jogar”, disse o técnico.

Apesar de contar com Nenê e outros dois astros brasileiros da NBA, Leandrinho e Anderson Varejão, a seleção brasileira ainda não está completa. Tiago Splitter e Marcelinho Huertas vão se apresentar depois, por causa dos compromissos com suas equipes. Mesmo assim, Magnano já começou a treinar forte na preparação olímpica, como ficou claro na atividade desta quarta-feira em São Paulo.

“Estamos repetindo a preparação que deu certo para o Pré-Olímpico, para que a gente possa formar um grupo muito forte. Temos um grupo fechado e um time focado para a Olimpíada, uma competição onde só jogam os melhores”, avisou o ala Marcelinho Machado, um dos jogadores mais experientes da seleção, já projetando a disputa dos Jogos de Londres, que começam no dia 27 de julho.